E lá vai o PT de novo... Fazendo merda.

Sou Brasileiro e Já Desisti.

E voto nulo desde que Enéas parou de se candidatar a presidente... E não vejo porque voltar a votar.

Olha a nova pérola dos políticos, principalmente do governo, com medinho de que escutem suas falcatruas e querendo tirar o poder da justiça, ou seja, desmoralizar mais ainda o que não tem moral alguma.

Pior que é que não temos opção...

Ministro Tarso Genro quer endurecer lei para limitar escutas da Polícia Federal
Publicada em 11/06/2007 às 00h33m
O Globo / O Globo Online


BRASÍLIA - O ministro da Justiça, Tarso Genro, prepara um projeto que restringe a concessão de escutas telefônicas pelas polícias Federal e Civil. O Ministério Público também deverá dar o seu aval antes de o pedido de grampo seguir para a Justiça, informa o Globo em sua edição desta segunda-feira.

Tarso Genro, decidiu desengavetar um projeto que restringe a concessão e endurece a fiscalização de escutas telefônicas e ambientais. Pela proposta inicial, que está sendo elaborada pela equipe ministerial — a partir do texto preparado e arquivado durante a gestão do ex-ministro Márcio Thomaz Bastos —, a PF e as polícias civis só poderiam utilizar estes tipos de grampos, dois dos instrumentos mais temidos por políticos, lobistas, empresários e servidores presos nas grandes operações de combate ao crime, com a autorização expressa do Ministério Público.

Hoje, as polícias dependem apenas de ordem judicial para executar serviços desta natureza e dirigem esta solicitação diretamente ao Judiciário. A consulta a promotores e procuradores é facultativa. O objetivo da imposição de restrição é evitar abusos e distorções no uso da escuta.

Leia a reportagem completa na edição desta segunda-feira do jornal O Globo.

O líder do PSDB na Câmara, Antonio Carlos Pannunzio (SP), disse que apresentará na próxima terça-feira requerimento para a convocação do ministro Tarso Genro em uma das Comissões Temáticas da Casa para dar explicações sobre a Operação Xeque-Mate e se houve vazamento de informações privilegiadas a investigados próximos ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Pannunzio disse que há gravações da Polícia Federal indicando que Dario Morelli, compadre de Lula e investigado por ter negócios com casas de caça-níqueis, tinha conhencimento de que estava sendo monitorado pela PF. O deputado também quer esclarecimentos sobre a situação nas investigações de Genival Inácio da Silva, o Vavá, irmão do presidente e que também está sendo investigado.

Fonte: O Globo.

4 comentários:

  1. Enquanto isso a saúde e a educação...

    ResponderExcluir
  2. Mas as escutas já estavam fugindo ao seu propósito, a idéia é pegar provas depois que há suspeitas

    Ao invés disso, estão grampeando todo mundo, pegam suspeitas e aí remoem até que vire prova

    Nesse ritmo, rumamos ao Big Brother, onde tomos somos culpados se não gostarmos do Alemão =(

    ResponderExcluir
  3. Sou brasileira, mas não desisti ainda...
    Mas confesso que tal qual você venho votando nulo nas últimas eleições.Não aceito votar em palhaços..Quando surgirem políticos sérios que pretendem trabalhar pelo meu país dou meu voto à elas...

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. O que está havendo, sem querer defender, é um engano. O que se deseja (pelo que entendi) é que um procurador ateste a relevância da escuta para a ivestigação. Procedimento este adotado nos EUA e em Vários países europeus. Não vejo cerceamento das investigações. Assim seria se quem tivesse que autorizar fosse o ministro ou um político qualquer.

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.