Patriotismo Ocasional - Uma Triste Realidade

É incrível como o povo brasileiro gostar de ser patriota ocasionario, pois sempre que ocorre um evento importante principalmente no ramo do esporte, é fácil de se notar como surgem inúmeras pessoas trajando as cores da bandeira, cantando o hino nacional, dizendo ter orgulho de ser brasileiro...

Brasileiro só gosta de ser brasileiro, normalmente, só a cada dois anos, mais especificamente em um certo período que geralmente é de um mês, no meio do ano. Brasileiro só é brasileiro em Copas do Mundo, Olimpíadas (que têm uma lacuna de dois anos entre si). O Pan é um caso a parte, pois pouca gente lembra que ele existe, mas quando acontece, todo brasileiro vira patriota do dia para a noite, canta o hino impecavelmente, agita bandeiras e por ai vai.
Uma coisa é você apoiar um atleta, que se mata de treinar o ano inteiro durante anos, no momento em que ele está competindo, por um título. Agora se valer desse tipo de ocasião para demonstrar uma falsa civilidade, é muita hipocrisia.

Estamos em meio aos jogos do Pan no Rio de Janeiro e em qualquer esquina que vá, em qualquer rua, terão menos uma meia dúzia de pessoas que podem te dizer com exatidão o que está se passando durante as competições, isso é claro dentre as mais populares, pois ninguém lembra de certas modalidades, como a ginástica de trampolim, patinação, pólo aquático, tiro com arco, softbol, dentre outras. Agora quem pode me dizer quem se lembra daquele deputado que estava sendo investigado em um CPI? Quem se se lembra do resultado da última investigação feita pela Polícia Federal?

Na hora de fazer valer os seus direitos, de cobrar uma atitude de nossos políticos uma atitude mais séria, uma postura mais rígida, sobre tanto absurdo que vem ocorrendo, onde estão os brasileiro? Onde está aquele belo discurso cívico sobre ter orgulho de ser brasileiro? Por que o brasileiro sabe cobrar de um técnico de um time de futebol, uma resposta do porquê de seu time ter perdido uma partida, mas não sabe cobrar do vereador de sua cidade, ou do prefeito o avanço de uma obra de melhoria, ou um melhor policiamento em seu bairro? Por que ninguém cobra mais resultados, ao invés de apenas números?

Ser brasileiro não é só saber cantar o hino todo, muito menos saber respeitar a sua bandeira quando erguida a meio mastro em homenagem a mortos em desastres. Não é durante uma competição importante, apoiar o atleta. Ser brasileiro, ser patriota, melhor dizendo, é saber o valor de seu voto, é saber fazer valer seus direitos de cidadão, é cobrar das autoridades competentes resultados práticos de seus trabalhos, não apenas números impressos em um papel, ou expostos na tela de um computador. Ser patriota, não é só saber o hino, saber quem foram seus governantes, nem tão menos expor uma bandeira em seu quintal, pois isso qualquer um pode fazer. Ser patriota é conhecer a história de seu país, é honrar sua memória, mas se não houver memória para se honrar, é fazer o possível para que no futuro alguém possa honrar a memória do que fizemos hoje por nós, para nós e para as próximas gerações.
Ser patriota, não é fazer passeatas, bradar palavras de ordem em praça pública, somente para fazer estardalhaço, é lutar por um país mais justo, com impostos mais baixos, melhores condições de trabalho, um plano de saúde pública decente e um plano de ensino público, seja ele básico, fundamental, médio ou superior de qualidade, com profissionais não só qualificados academicamente, mas que tenham vontade de trabalhar e gostem do que fazem.

Ai fica a pergunta: Você É brasileiro?

9 comentários:

  1. Gostei muito do post...você esta de parabens...muito inteligente...e sim eu sou brasileiro sim...mas não por saber o hino todo ;)...se der passa no meu blog...

    www.fabulousking.blogspot.com

    Vlw

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc, meu velho! Esse pseudopatriotismo é enojador.
    Por isso que digo: não sou do Brasil, sou do mundo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Excelente post! Você tem toda a razão! É muito fácil enrolar-se em uma bandeira e sair cantarolando o hino nacional por aí... o difícil é ter alguma participação ativa na história do país!
    Se eu sou brasileira? Já fui! Hoje eu tô em cima do muro... digamos que metade de mim é, e a outra metade não vê a hora de se mandar daqui!

    Ah, e muito obrigada a vc e ao Thiago pelas explicações exclarecedoras! Agora sim entendi alguma coisa, e acho que tô mais ou menos preparada para assistir a um jogo de beisebol!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Pois é...Brasileiro só honra sua pária quenado ocorre um evento como Copa do Mundo,Pan etc...não são como os americanos que são fanáticos pelo seu país em todos os lugares lá há uma bandeira dos EUA diferente daqui...

    ResponderExcluir
  5. Patriotismo para país que merece. O brasil ainda não tá merecendo.


    www.cocogelado.com

    ResponderExcluir
  6. Eu sei o por que disso tudo desse falso patriotismo. É simplesmente por que é mais facil vibrar pela vitoria pelo trabalho do outro do que fazer você mesmo. Quando você torce para um atleta no Pan você nem pensa no quanto ele sofreu para estar ali. O brasileiro tem preguiça de lutar pelos seus direitos. Não se esforça em ir as ruas protestar sacrificar um pouco do seu tempo para buscar seus direitos. E quem protesta quem vai a luta geralmente é taxado de louco, vagabudo, baderneiro. Esse é o patriotismo do brasileiro, ser brasileiro com muito orgulho com muito amor com o trabalho e o esforço dos outros.

    ResponderExcluir
  7. gostei do post, pelo menos não é focado no acidente! :D

    ae topa uma parceria?!

    ResponderExcluir
  8. Concordo com tudo, por tudo... Penso exatamente como vc! Acho que um povo que eu nunca conseguirei ententer é o brasileiro. Quando a gente briga por aquilo que achamos certos, por nossos direitos, as pessoas nos olham torto e nos chamam de arruaceiros, encrenqueiros, pessoas nervosas... lamentável!

    ResponderExcluir
  9. Pois é PK, isto é mais corriqueiro doq se imagina... Pegando outro exemplo, este triste acidente com o avião da TAM, que abriu ainda mais a ferida dessa crise infernal que esta nos aeroportos. Ninguem parece aguentar mais, a midia estra presente em tudo, cobrindo este assunto. A pergunta é...Até quando?
    Até quando este vai ser mais um assunto esquecido pelo povo.. é triste mesmo brother..

    Cara, indiquei seu blog para uma "brincadeira" massa, passa lá no meu blog mais tarde. abs!

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.