Como não ir a um evento - Parte 1

Era um estranho e cinzento dia, o vento soprava de forma inconstante. Os dois amigos haviam combinado de se encontrarem por volta das dezesseis horas, o que não foi possível por conta de já tradicional atraso da barca. Rapidamente pegaram um ônibus em direção ao seu destino, um bairro nobre da zona sul de cidade, onde ocorreria um evento ao qual pretendiam ir.
A conversa era animada no ônibus quando constataram que já estavam a mais de uma hora, em um trajeto que levaria no máximo uns quarenta minutos, sendo que eles ainda estavam um pouco distante de seu destino final, isso é claro se tivessem pego a condução certa, coisa que não fizeram. Foi ai que veio a solução mágica: ir a pé!

Enquanto andavam despreocupados pela Lagoa Rodrigo de Freitas, um de nossos destemidos ( e na espertos) heróis lembrou-se que precisava urgente de ir ao banheiro, fazendo com que um trajeto que não seria tão complicado se torna-se o maior dos martírios. Enquanto observavam o belo mangue que havia da lagoa algo se aproximava deles, foi quando viram um helicóptero que se aproximava ameaçadoramente deles. Agiram rápido e conseguiram fugir das ameaçadoras hélices, que foram direcionadas contra nossos heróis de propósito. Havia um portão que se fechava automaticamente quando um helicóptero se aproximava para evitar quais quer acidentes, mas este não foi o caso aquele dia, pois nossos heróis eram pessoas ameaçadoras e não podiam continuar vivas... Mas não seria hoje que o mundo se veria livre de nossos dois pesos pesados (no sentido literal claro).

Após o susto inicial veio outra surpresa, o caminho que deveria estar em boas condições para as pessoas que ali praticavam esportes, ou para as famílias que apenas caminhavam distraídas, estava completamente coberto de lama havendo também várias poças d'água, mas não havia caído uma gota de chuva sequer. Após tentarem por um tempo encontrar algum caminho pela lama, um de nossos heróis é impelido a saciar suas necessidades fisiológicas ali mesmo, para sua sorte Murhpy estava muito ocupado naquele momento ninguém apareceu.

Após mais este evento atípico seguiram seu caminho tranqüilamente, falando de coisas coisas corriqueiras, acidentes, desastres, tragédias, corrupção, coisas normais do cotidiano. Quando estavam ao lado de uma movimentada rua e avistaram uma placa lembrara-se que não faziam a menor idéia de que direção seguiriam., foi quando o incrível senso de direção de nossos heróis foi posto a prova.

- A gente tem que seguir pra cá? - Perguntava Pk.
- Vamos seguir em frente, deve ser por aqui. - Respondia Dragus sem saber.

Eles não tinham a menor idéia de onde estavam, nem que caminho seguir, mas mesmo assim seguiam em frente. Alguns metros a frente se deparam com uma cena no mínimo irônica, o tão falado e elogiado Estádio de Remo Da Lagoa, construído especialmente para os jogos Pan-Americanos, mostrava-se inacabado e ainda em obras, o que levou-os a questionar quantos outros lugares mais feitos para o evento estariam na mesma situação, mas essa era a menor de suas preocupações.
Após andarem mais alguns metros avistaram uma placa que indicava a direção de seu objetivo, o problema agora não era saber se estavam na direção certa, mas sim atravessar a rua, que tinha um tráfego bem intenso. Não havia opção deveriam praticar o famoso e perigoso "Deus existe". Rapidamente correram pela rua em meios aos carros que pareceram acelera ainda mais, justamente para dificultar ainda mais o que já parecia difícil devido a grande protuberancia abdominal de nossos destemidos e perdidos heróis.

- Corre! - Gritavam em coro.
- Sai da pista hipopótamo! - Berravam os motoristas.

Após conseguirem o feito de atravessarem intáctos e repcuperarem o folego depois de algum tempo, nossos heróis agora se guiavam através das placas, mas mesmo assim eles ainda estavam perdidos e precisavam de uma ajuda divino, foi então que vislumbraram o maior conhecedor de todos os caminhos, o famigerado "Guru das Ruas", ou simplesmente motorista de ônibus.

- Oh grande Guru das Ruas, vós que a todos os caminhos conhece, diga-nos onde fica o Shopping Rio Leblon Design. - Clamaram nossos heróis.
- Sigam em frente, jovens espíritos perdidos. Encontraram o grande templo da perdição, a frente dele estará seu destino.

Agradecidos nossos heróis partiram após pagar tributo a sabedoria do guru, mas logo constataram que não haveria necessidade de pedir o conselho do guru, pois logo depois do ponto de ônibus lá esta o seu destino final, mas algo chamou sua atenção. A frente do seu objetivo final, um grande e misterioso templo se erguia perante seus olhos, completamente iluminado transbordando magnificência, o letreiro reluzente parecia decorado com grandes lantejoulas, onde lia-se "SCALA".

O que será de nossos heróis? Entraram eles no templo da perdição? Esquecerão do evento que os espera?

19 comentários:

  1. Hahahahahahahahaa!

    Faltaram fotos, aproveite as minhas fotos de qualidade maravilhosa e coloque a participação do Bruce Willis no helicóptero. =p

    ResponderExcluir
  2. gostei do texto e da história, doideira... engraçada.. bjos

    ResponderExcluir
  3. oi, preciso da tua ajuda urgente, eu fui colocar um elemento no meu bolg que vc tem um tal de subscrib now, só que quero tirar e fica dando erro... por favor me ajudaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa quero tirar isso. meu msn é mikaella_magiak@hotmail.com
    me add pra agente se falar espero anciosa a sua resposta.

    ResponderExcluir
  4. cara gostei to posts meio, doido e engraçado parabens tu tem uma criatividade imensa parabens

    depois passa no meu blog

    http://blog-do-rato.zip.net
    http://blog-do-rato.zip.net

    abraço

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post, grande dica, vou seguir!!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Você já ouvir sobre NEOLOGISMO?
    Pois é, sou professor de lingua portuguesa.

    sempre as ameias.

    sintaticamente correto.

    ResponderExcluir
  7. Excelente blog: organizado, boa aparencia, conteúdo fundamentado, imagens apropriadas, parabéns!

    bj

    ResponderExcluir
  8. Essas dicas são incríveis e o humor que percorre as linhas é fantástico.

    Bjos e tem post novo lá:

    Laboratório de Geografia

    Geografia, informação, arte, cinema e diversão sem contra indicação.

    http://laboratoriodegeografia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!

    vou fazer uma torcida organizada de uma só leitora...

    entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!
    entra no scala!!!

    EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!! *\O/*

    ResponderExcluir
  10. pra tu naum ficar no prejuizo vou comentar de novo e repitri q eh um ótimoo conto...

    ResponderExcluir
  11. haha então vou voltar atraz na minha decisão e vou fazer novamente uma torcida de uma leitora só e...

    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!
    scala não!!!

    EEEEEEEEEE!!!!!!! *\o/*

    ResponderExcluir
  12. MUINTO BOM O SEU BLOG. VOU LINKAR AO MEU.

    ResponderExcluir
  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    isso realmente aconteceu???? Nossa, a "bruxa estava solta" né??? espero q dê tudo certo na próxima.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.