Proibido andar de carros por um dia...

... na China.

É, pensaram que seria aonde? São Paulo?

O governo chinês motivado pela onda do combate a poluição e tudo mais (aquecimento global, sexo dos pandas, reprodução de corruptos em brasília, pela vergonha nacional, pela venda de Ferraris em Pequim, pelo sonho de Henry ford, ou até mesmo por bondade mesmo), ao invés de lançar campanhas de efeito apenas moral, que apenas fazem determinadas ONGs sorrir por causa das verbas que vão engolir durante as campanhas, decidiu fazer algo mais prático. Talvez até mais eficaz do que foi feito nos últimos anos no mundo.

No dia 22 de Setembro será proibido na China o uso de veículos automotivos por parte de particulares, ou seja, se quiser passear nesse dia na China, apenas de ônibus ou em carro oficial políticos nunca passam por isso, não importa o país, sempre tenha isso em mente, se quiser ir de carro vai ter que ser empurrando-o, e ainda corre o risco de ser mal interpretado e levar multa e ir pro pelotão.

Além disso, ainda estará estimulando a população local a pelo menos por uma semana dar preferência a bicicleta, e consta que esse evento se repetirá por pelo menos uma vez por ano, de agora em diante. Não sei se vai funcionar, mas ao menos é uma iniciativa prática, não uma teórica em torno de eventos que

Por sinal, é meio conflitante onde um país onde se tomam decisões tão controversas que envolvem morte de pessoas e direitos civis diminuídos (não que não existam, mas sim que estes sejam controlados absurdamente pelo Estado) em contra partida surgem soluções imediatas em relação a muitas coisas. Você não pode acessar ou localizar qualquer coisa pelo Google (ou qualquer outro mecanismo de busca, a não ser que use métodos ilegais), em compensação se um político é descoberto em atos de corrupção é tratado como genocida e morto, ou melhor, a China estimula jogos online onde políticos corruptos são mortos pelo poder do povo. Por sinal, se considerar que um desvio de verba causa muito mais mortes que um tiro, todo crime de corrupção na administração pública deveria ser considerado traição ao estado e julgado como em tempos de guerra, e isso deveria valer para qualquer país do mundo, não me refiro somente ao Brasil.

Existiriam mortes injustas? Menos mortes do que existem atualmente quando um político manda desviar sangue de hospitais públicos de zonas pobres para abastecer de sangue hospitais de grandes redes particulares. Menos mortes do que quando por causa de um desvio da verba de conservação e distribuição de remédios resulta na morte de uma série de doentes porque tudo estragou ou não foi entregue a tempo.

Mas esse não é o assunto principal, o importante é que o governo chinês fez algo, e algo que se virar tendência mundial pode ser uma atitude mais eficaz do que muita campanha. Deveria, por sinal, abranger mais do que desligar carros e sim tornar esse dia mensal, o dia de desligamento total. Todas as indústrias, fábricas e lares não funcionariam. No máximo se comeria comida de microondas (sem sequer usar fogão), e usaria a eletricidade o mínimo possível. Seria um dia mensal onde daríamos ao planeta um descanso, mesmo que de apenas vinte e quatro horas, de toda essa descarga absurda de gases e produtos tóxicos despejados tanto nas águas quanto nos ares, e que a longo prazo vão dizimar toda a vida do planeta (se bem que é mais fácil nós, os seres humanos, desaparecermos antes, nos afastamos tanto do eco-sistema que não somos capazes de nos adaptar as suas mudanças, quando essas ocorrerem por nossa causa e culpa).

Mundo novamente verde?
Preocupação global REAL pela preservação do meio ambiente?
Utopia, apenas uma utopia... Aliás, pensamentos equivocados mesmo!


Obviamente um pensamento desses não passa de utopia. Nunca que o planeta todo vai optar por isso, se nem somos capazes de superar conflitos étnicos-religiosos, que o diga superar um problema que vai fazer os livros que narram o apocalipse se tornarem fato?

Nunca.

15 comentários:

  1. Isso pode vir a acontecer aqui no Brasil, mas antes deve morrer muitos politicos (nunca) ....

    ResponderExcluir
  2. O ser humano é mesquinho demais para se importar consigo mesmo, quem dirá com o próximo, ainda mais com o planeta.

    ResponderExcluir
  3. Na china você não dirige, é dirigido, não é verdade? Eles são os atuais maiores poluidores, e em troca do crescimento desenfreado chegam a ser anti-éticos em muitos quesitos, inclusive no ambiental...Mas pra eles só importa o lucro e o resto que se lasque.

    Gostei muito do teu espaço.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Uma iniciativa muito boa do governo Chinês e que realmente poderia ser adotado por todos os outros países assim, talvez, o planeta pudesse respirar como você disse pelo menos por 24 horas.

    OBS: valeu pelos seus posts no meu blog, eles me incetivam.
    Continue passanu por lah
    ABRAÇOSS

    ResponderExcluir
  5. Deveria haver aqui no Brasil isso também, o planeta pede socorro.


    bjs

    ResponderExcluir
  6. Sou contr ditaduras
    E a China é uma brava !
    E també sangrenta !

    ResponderExcluir
  7. Mas e não é que os caras fizeram uma coisa legal?!

    ResponderExcluir
  8. Não seria ruim se fizessem isso no Brasil! O Brasil fala fala fala, mas agir que é bom NADA!

    ResponderExcluir
  9. Rapaz, é até inacreditável a China colocar algo assim em prática. Por curiosidade, as ruas da China foram projetadas para bicicletas, assim, carros - q tem muuuuitos-, são um pesadelo na cidade. Com essa medida, a China estimula outras nações a cooperarem com o combate ao Aquecimento.... queria ver se tivesse uma lei dessas no Brasil... aiai!

    ResponderExcluir
  10. Pq no Brasil não há seriedade? Isso me assusta.

    Saber que uma ação dessas aqui seria uma piada...


    Texto de hoje: Quatro da Mata...

    Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

    O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

    ResponderExcluir
  11. as vezes a gente meio que perde as esperanças no nosso país, na nossa pátria, na nossa democracia... mas acho que a gente tem que não só fala, mas agir... os movimentos que tentam fazer algo pela sociedades são muito isolados e, por mais que queiram a particpação das pessoas, dos jovens, o convite não émuito atrativo.

    É cao de ser estudado, inclusive... eu acho que minha monografia - tcc será sobre isso, inclusive.. nem sei...

    Mas o que a gente faz aqui, de se rebelar virtualmente, mas continuar a vida normal, a real, sem manifestar nossas revoltas, realmente [ em tds os sentidos ] fica dificil mudar algo.

    >>> visite meu blog: www.mentesdiversas.blogspot.com

    tem um assunto bem interessante lá.

    bjos

    ResponderExcluir
  12. é fato que a china polui mt e portanto é quase obrigada a ter de fazer isso...
    mas a iniciativa é maneira...
    abraço

    ResponderExcluir
  13. Para quem não leu e ainda assim comentou, deixo o seguinte:
    Se não leu, porque comenta?

    ResponderExcluir
  14. acho q além da proibição deveria ser proibido o financiamento de carros em até 82 x...rs...
    parece brincadeira mas é sério...o nêgo q compraria uma bicicleta hj em dia pode comprar um carro! mas é interessante para o governo q ganha com o IPVA. ALguém tem q sair lucrando com isso não é mesmo?

    http://www.timanca.blogspot.com

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.