Mulheres serão admitidas no BOPE-RJ


Agora, a partir de 2008, a trope de elite da PM do Rio de Janeiro, que se tornou famosa no Brasil por causa do filme vai recrutar mulheres em seu grupamento. O alto comando do Bope está preparando e adaptando o treinamento masculino para que ano que vem possam incluir mulheres em suas fileiras, o que significa um avanço muito grande em relação a muitas posturas machistas, como as que alegam que mulheres não podem vestir fardas.

Segundo o próprio comandante, existe até mesmo uma fila de espera. E essa turma provavelmente será a que receberá o treinamento mais, digamos, cascudo de todos, pois será a base para essa tropa feminina dentro da elite, sem contar que também deve servir de estímulo a um maior rigor do treinamento toda a moda em torno do grupamento desde a polêmica do filme e seu lançamento.

Outra mudança que haverá no Bope será no uniforme que utilizam, que deixará de ser a farda preta e será escolhida outra tonalidade de camuflagem, que espero que seja mais adequada a proteção dos policiais e não para que se tornem alvos mais fáceis (o que poderia servir de desculpa para o dissolução da tropa feminina posteriormente).


Particularmente acredito que foi uma decisão acertada por parte do comando da PM. E não é porque mulheres têm direitos e nem todo o blábláblá feminista que existe em torno disso sobre mulher poder fazer qualquer profissão que um homem faça (ainda quero ver mulher estivadora com características e trejeitos femininos). Me refiro a características femininas que cercam a mulher e que a tornam melhor até mesmo que homens para funções de segurança.
1- Mulheres são mais atentas que homens;
2- Mulheres se atém a detalhes que homens geralmente ignoram;
3- Mulheres são mais honestas que homens, seja por criação ou por caráter;
4- Mulheres são perfeccionistas em geral;
5- Mulheres são mais competitivas, ou seja, elas vão disputar quem executa melhor as ordens;
6- Mulheres costumam ser mais frias que homens (apesar de toda a lenga-lenga ao contrário, para exemplificar: uma mulher se recupera de um fora mais rápido que um homem);

Só vejo problemas (a curto prazo) em adaptar os quartéis do Bope a presença feminina - obras para construir vestiários e banheiros exclusivos - e a coibir determinadas posturas machistas que vão existir tanto por parte da mídia quanto internamente, nada que não seja resolvido com treinamento, acompanhamento e umas obras. O problema é que estamos falando de um estado que sucateia educação (vide UERJ em chamas e em seguida ao invés de investimento cortam verbas), segurança (só precisa ler jornais) e saúde (já sofremos até intervenção federal aqui... que não adiantou nada)... Acontecerão alguma dessas coisas?

Acredito que não.

Tenho realmente medo da mudança tática que ocorrerá com a alteração da cor preta... Pela vida dos oficiais. Tomara que não incluam alvos brilhantes na roupa. E, biologicamente, me preocupa também se alguma "aspira" sofrer daqueles graus extremamente violentos de TPM (e isso não ser detectado nos exames prévios)... Eu não queria estar no morro onde essa aspira com "TPM" estivesse trabalhando... =/

Só quem já sofreu ataques violentos de mulheres com TPM sabe do que falo... Tomara que tenha acompanhamento hormonal constante... Tomara.

Fonte: O Globo

18 comentários:

  1. concordo plenamente c vc!

    adorei o blog. vc escreve mt bem!

    o meu é
    www.laischaves.blogspot.com
    novinho sinda..
    passa la se puder1
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Ah concordo...uma mulher com tpm equivale a 3 capitães Nascimento juntos,rs.
    Espero que dê certo a inclusão de mulheres no bope.

    ResponderExcluir
  3. estou fazendo conexão mas, o vício é triste.
    Acho perfeito mulher no BOPE...
    Alguém tem que limpar o batalhão fazer comida.
    Agora sem bricadeira , mulher e homem é tudo igual, só com uma pequena diferença, na hora que o bicho pegar. quero ver elas segurarem a porrada...
    com certeza sera só para o administrativo da corporação....

    []s L.Sakssida

    ResponderExcluir
  4. Será que o treinamento vai ser adaptado? Se alguma quebrar a unha pede pra sair.

    ResponderExcluir
  5. Tbm acho bem fenomenal a idéia de colocar mulheres no BOPE. Não vejo o pq da decisão tardia, mas tudo bem. O meu medo é que essas mulheres se tornem vítimas de alguns soldados dentro da cia. Acontece muito casos assim.

    Bom, é isso caro Dragus. Tempinho que não vinha aqui, mas to vivo, hehehe. abraço!

    ResponderExcluir
  6. concordo tbm
    uma mulher com tpm vale 3 capitão nascimento
    continue com essas postagens
    mto tri o blog

    ResponderExcluir
  7. Mulher no BOPE? Vou me candidatar... qdo estou de TPM... ninguém chega perto de mim!

    Acho nmesmo é já deveriam ter mulheres nesta função a muito tempo. As mulheres não querem igualdade? Que seja, está chegando em boa hora!

    Laboratório de Geografia

    Geografia, informação, arte, cinema e diversão sem contra indicação.

    http://laboratoriodegeografia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Aceitar mulheres na tropa tudo bem, mas quanto a mudarem de uniforme... Acho que eles tinham coisas mais importantes do que se preocupar do que com isso.

    ResponderExcluir
  9. Já existem mulheres até nos SEALs americanos. Por que não no BOPE?

    Quanto a farda, deve ser adotada o padrão de "camuflagem urbana". Tons de cinza e preto variados que "diluem" a silhueta no escuro e contra obstáculos. O problema será nas operações diurnas, se não houver esse cuidado, a camuflagem urbana convencional os transformará em alvos contra a vegetação de alguns morros.

    ResponderExcluir
  10. Embora eu seja mulher, estou ciente capitão "isso vai dar merda", acho que não aguentamos as porradas, pelo menos não as muito femininas, mas algumas mulheres-macho, acho até que poderia dar certo!
    Bjksss

    ResponderExcluir
  11. hehehehehe..
    falou bonito!!!!

    Quem sabe eles usam alguns dos prédios construídos para o PAN como alojamento feminino do BOPE!!!

    Eita!!!

    ResponderExcluir
  12. Nada contra, embora a natural sensibilidade feminina possa atrapalhar.
    Se bem treinada, pode fazer um bom trabalho.

    ResponderExcluir
  13. Vcs tão viajando,eu saou muito feminina e isso não quer dizer que eu n aguente levar porrada. Vcs estão sendo muito machistas, a força esta principalmente no jeito de pensar, por exemplo, uos pais que educam uma menina desde pekena a ser a princesinha da casa e nunca poder sair sozinha e talz,,e ainda pro cima ficarem falando que ela e fraca mesmo pq nasceu mulher...isso é muito besta, pq ai a garota quanto cresce acha que é isso mesmo, acha que ela realmente é fraca e n é capaz de se defender...é tudo culpa da sociedade e da criação....
    Quanto á tpm eu gostaria de lembrar que nem todas as mulheres tem Tmp..e afinal homem sempre foi mais nervoso que mulher certo?É melhor vcs pensarem direito antes de falar esse tipo de assunto

    ResponderExcluir
  14. "Anônimo", você se deu ao trabalho de ler a postagem? De interpretar? Ou mesmo de ler o que escrevi depois da notícia? Aonde disse que mulher não agüenta porrada?

    Apenas disse em tom de ironia, e por isso riscado, que mulher não pode ser estivadora, e até onde saiba, estivador não é lutador, e carregador de peso, e quando digo peso, é MUITO peso.

    Essa postagem foi referente a mulheres no Bope, não foi referente a feminismo, mas vou me lembrar de você para eventuais outros assuntos.

    Talvez o primeiro post dedicado aos anônimos. =D

    ResponderExcluir
  15. Bem para falar a verdade eu li a postagem sim, mas muitas mulheres q postaram aqui estão com ideias erradas. As proprias mulheres são machistas =X
    Veja esta o q postou:
    (¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...
    Embora eu seja mulher, estou ciente capitão "isso vai dar merda", acho que não aguentamos as porradas, pelo menos não as muito femininas, mas algumas mulheres-macho, acho até que poderia dar certo!
    Bjksss

    ResponderExcluir
  16. carissimos, não vejo diferença entre o projétil de um homem ou de uma mulher, ambos são letais, além do fato que se forem possuidoras de antecedentes qua as qualifiquem para o que se propões a fazer, nada contra.
    Esse papo de tpm, convenhamos, num stress natural do dia a dia de tropa, é algo que se perde diante da necessidade de sobreviver, portanto senhores, bem vindas as senhoras, e bom serviços.

    ResponderExcluir
  17. Acho que esse anônimo é tão feminista qto a Celina, se não fosse não estaria se mordendo, e quem foi que disse que mulher não tem acesso de TPM, a pessoa que disse isso, esta tentando se esconder atras de uma verdade que não tem como ser negada, e o que seria das mulheres sem suas tais TPM, e o que seria de uma mulher sem o seu ar feminista. Todas mulheres temos que defender o nosso ponto feminista sim, porque se nós não defendermos quem o defenderá? os homens? Se vcs acham assim esperem sentadas. Nossa igualdade já nos foi concedida, e acho que cada um deve respeitar o ponto de vista do outro, porque vc ja pensou no tanto de coisas erradas que ja fez, já disse, já se arrependeu.?! imagine se todos fossemos iguais a vc... pense bem e reflita em si próprio antes de criticar a opinião dos outros. Sejam sábios ao responder a tais assuntos. Bjs! Gisele!!

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.