Roteristas entram em greve nos EUA.


enquanto no Brasil os profissionais de artes formam uma classe completamente desunida e que por causa disso sofre horrores nas mãos de Redes Globo, SBT ou Record da vida, sendo obrigados a sacrificar a vida pessoal (e em alguns casos, até mesmo a própria carreira, quando discordam de algo e ganham uma geladeira) por causa do ritmo alucinante das gravações ou mesmo fazendo séries famosas e cultuadas servirem de palco para demonstrações de dignas "puxadas de tapete", nos Estados Unidos os roteristas decidiram entrar em greve EXATAMENTE pelo mesmo motivo que fez o dublador clássico da versão nacional de Os Simpsons ter sido cortado do elenco e substituído as pressas por um de voz não tão boa e menos carismático.

Quem não lembra do assunto, eis o post a respeito aqui: Simpsons novamente perde o dublador.

O dublador dos Simpsons, na época reclamou com a Fox que estava sendo mal remunerado pelo que recebia do uso de sua voz nos DVDs BOX de Os Simpsons, querendo um aumento no que lhe era pago. Como reconhecimento pelos anos de trabalho e por sua voz extremamente carismática e que, a meu ver, consegue ser até mais engraçada que a original, ele foi cortado do seriado e do filme e mandado pra escanteio. Manifestação dos companheiros de classe? Nenhuma. Aqui é Brasil, a classe artística é tão unida quanto os polos positivos de um ímã. Imediatamente surgiu outro no lugar e a série continua, e nem assisto mais porque perdeu a graça.

No entanto, no pais que todos curtem falar mal (e muitas vezes, não sem razão) mostra que apesar dos tempos serem outros determinadas coisas não mudam, como a força sindical dos EUA. Agora, por causa disso, vai se iniciar um processo de jogo de empurra onde a mídia vai tentar transformar os roteristas em vilões (obviamente, pois a greve afeta as emissoras de televisão, e o lobby dos patrões vai ser forte) e fazer das redes as vítimas.

De qualquer forma, olho aberto para não cair no truque do repórter.

Disso já temos o suficiente em nosso país.

Porque nosso movimento sindical não copia ESSA atitude americana, ao invés de sua truculência e do desejo consumista... =/

Ah, esqueci que estou no Brasil.

11 comentários:

  1. As vezes é preciso a falta de algo para se aprender a dar valor. Por isso que fazem greve. Os profissionais da arte são tão importante quanto um engenheiro que constrói uma casa. Este profissionais criam idéias e inspiração na vida das pessoas!

    ResponderExcluir
  2. No Brasil a preocupação é garantir o seu, os outros que se virem.

    abraço!
    http://www.somdosom.com

    ResponderExcluir
  3. Voce falou uma coisa certa, estamos no Brasil. E aqui, fazer greve em favor de qualquer movimentacao artistica eh complicado.

    Abraco.

    ResponderExcluir
  4. No Brasil, a desunião faz a força!!
    =(
    Triste viver aqui!
    Abração!
    Kemp

    ResponderExcluir
  5. Gostei do texto! Pena que eu não tenha um conhecimento mto bom sobre o universo do cinema e televisão, das coisas que acontecem nos bastidores. Mas imagino q coisas do tipo subestimar ou desvalorizar talentos deve acontecer demais, sempre para enaltecer ou privilegiar a imagem das empresas de comunicação, que sempre saem mesmo no papel de mocinho...

    ResponderExcluir
  6. a bandeira do brasil merece nota 10!

    ResponderExcluir
  7. Egoísmo o slogan do Brasil!

    André Burgos
    http://www.humw.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Bacana o texto, também escrevi algo sobre a greve lá no blog.

    E problema de lá é que os talk shows são muito famosos e assistidos.

    Aqui seriam os roteiristas das novelas da globo que conseguiriam alguma voz, e mesmo assim, as novelas da globo não passam na internet e nem tem dvd. Por enquanto.

    ResponderExcluir
  9. É realmente muito triste viver num país assim. Por estas e por outras atitudes do povo brasileiro é que o país na caga e nem sai da moita.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Drago......
    Tem uma classe muito unida no Brazil, vc esqueceu, os políticos....
    Quanto a greve dos roterista de Hollywood eu acho justissíma.
    No que se refere aos trabalhadores do Brazil prefiro nem comentar.....


    []s L.Sakssida

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente hj não temos mais a força das grandes multidões que antes faziam greves e até eram perseguidos por isso.

    Hj que temos a liberdade de expressão temos tbm o comodismo acompanhando as massas.

    Isso aqui é o Brasil...

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.