Venezuela: Hugo Chavez seria um (novo) Hitler?


Existem diversos sinais que sim.

O modo como o presidente evolui é idêntico, com suas ressalvas, ao modo como líder nazista chegou ao poder.

Ele usa de métodos similares ao do estadista alemão para se evoluir. Quando estava pesquisando a respeito de Segunda Guerra para escrever a série de contos "O Último Despertar de Outono", me deparei com aspectos da história do Hitler que se assemelham muito em relação aos que o próprio Chavez segue.

Um deles é que Hitler também tentara sem sucesso, antes de ser eleito, dar um golpe de estado na falida alemanha. Ele junto com outros do movimento Nacional Socialista tentaram sem sucesso realizar tal coisa, num dia que ficou conhecido como "O Putsch da Cervejaria", depois disso Hitler foi preso e escreveu o livro que é o mote do nazismo, o "Minha Luta". E assim como o líder venezuelano, ele foi ridicularizado pela mídia por causa desse golpe. Chaves tem uam história paralela, ele também tentou um golpe de estado que fracassou.

A semelhança? Ambos foram eleitos nos anos seguintes pelo povo, para a surpresa de muitos setores do poder. E com o mesmo discurso nacionalista, de fortalecimento da nação. Obviamente que Chavez utiliza o tradicional populismo, mas dadas as devidas proporções, Hitler também se vali de populismo (ou seus discursos e os cenários que usava nos discursos eram sinais de que?) .

Hitler fez uma coisa que Chavez também fez e que a mídia divulgou sem muito alarde, porque é um assunto que, ao menos aqui, não se leva a sério. Escola. Ele criou uma cartilha de ensino que todos os professores devem seguir, nos moldes das cartilhas que Hitler distribuiu (e que até Walt Disney ajudou a desenvolver...) e que ensinam noções de nacionalismo, acabando com eventuais protestos futuros pela raíz. Ele corta o poder dos professores de incitar revoltas, como aconteceu até aqui no Brasil durante a ditadura, ao fazer com que as crianças desde cedo sejam doutrinadas por professores sem anseio político (ele contrata professores novos, engajados em sua nova ordem, e força os antigos a se aposentar ou demite por suspeitas de incitarem o caos) que não o seu.

Do mesmo modo que o Hitler, ele utiliza como argumento de seus pretensos discursos atacar países que julga, ou quer que julguem, que seja o país vilão. Na época de Hitler eram os carrascos europeus guiados por judeus. Atualmente são carrascos latinos guiados pelo vilão EUA. Também está militarizando todo o país e fazendo as forças armadas da américa latina entrarem em alerta (ou você acredita que a Globo colocaria o exército - sem ser para atacar, e sim para enaltecer. - no Fanstástico só porque "é legal?") e criar uma situação não oficial de corrida armamentista entre os vizinhos com o país (coisa não divulgada claramente em nosso país, como sempre, mas que aparece em entrelinhas e cantos de jornal...).

Outra semelhança é o modo como ele vê o meio televisão e mídia, querendo controlar como fez Hitler, que criou preceitos de comunicação que até hoje são repassados nos mais diversos meios, e que culminou numa alavancada absurda da publicidade para os moldes que existem hoje. E com a criação de uma televisão pública, e a não renovação de canais de oposição (através do mau-uso da lei, como dizem alguns ramos do direito) , ele segue num caminho forte para controlar o entretenimento das massas.

Agora ele está colocando para votação um referendo onde ele consolidará sua ditadura, nos moldes dos maiores ditadores, fazendo uma reeleição eterna e passando a poder usar a máquina administrativa do governo para se reeleger e a seus correlegionários. Perpertuando-se no poder. Prevendo que pode ser que algo dê errado, já divulga que os EUA estão tentando adulterar os resultados em favor da elite da venezuela e dos próprios EUA. E em paralelo, corta as relações diplomáticas com a Colômbia, e deixando claro nas entrelinhas que não apóia mais o governo colombiano (e considerando que existe outro governo na Colômbia...).

Tenho medo que o resultado desse referendo obrigue Chavez a entrar em guerra. Pois a única forma que ele teria de colocar o poder em suas mãos, seria atacando algum país - pelo andar da carruagem, provavelmente a Colômbia livre das FARC -, pois dessa forma poderia colocar lei marcial no país, rasgar a constituição, matar toda a oposição e ninguém se importaria, pois estariam ocupados demais narrando tragédias e bombardeios.

E ele, ao menos por um tempo, sairia ganhando de qualquer jeito dentro de sua ótica louca. A única diferença, ou a mais evidente, entre a Alemanha do pré-guerra e a Venezuela atual, em um grosso modo, é que a Venezuela tem uma fonte de renda, e a Alemanha era um país quebrado pelos acordos da derrota da Primeira Guerra.

Tenho muitas dúvidas de que ele não use a Guerra para se perpetuar, envolvendo países que apesar de meterem o bedelho, não tem nada a ver com os problemas internos da Venezuela... Espero que meus medos sejam apenas pensamentos equivocados... =/

Nesse aspecto até entendo o posicionamento neutro do Lula, pois se ele tomar qualquer partido, na hora do desespero e da loucura pode ser que ele nos olhe com menos carinho e decida que é fácil conquistar a Amazônia, para nos proteger dos ideais dos EUA. =/

27 comentários:

  1. Aliás é interessante (e assustador) como todo ditador se parece em algum quesito, mas não creio que ele teria êxito em invadir as nações da américa latina que apóiam o "poderio ianque neoapitalista agressor" apenas importando Kalachnikovs da Rússia como tem feito...

    Abraços!

    (blog adicionado ao Linfa)

    ResponderExcluir
  2. cara, esse Hugo Chavez tá dando o que falar mesmo. Discordo de você quanto ao posicionamento do Lula, acho que ele também tem que soltar uma do tipo 'cala boca Chaves'.
    hoje postei um texto muito interessante a respeito das alfinetadas mundiais do Chavez, dá uma conferida no meu blog e me diga o que você acha.

    abraço

    www.baiadozeh.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Concordo e parabenizo pelo assunto do post, que é de grande relevância. Chavez tomou tal gosto pelo poder que se tornou um ditador, bem aos moldes de Hitler mesmo. Não mede esforços para se manter no poder, tudo à custa da alienação popular, através de um discurso pseudo-bolivariano...

    Não sei o que esperar, não sei o que vai e/ou pode acontecer.

    ResponderExcluir
  4. Não duvido nada disso, Hugo Chavéz tem todas características de um ditador, acho que o povo da venezuela devia fazer um protesto como ocorreu aqui no caso do Collor.Uma 3ª Guerra mundial está próxima e não vai demorar muito.

    ResponderExcluir
  5. Cara eu não concordo que o Lula deva baixar a cabeça. Nós somos brasileiros e não podemos admitir isso. Não queremos entrar em guerra, logico que não. Mas se esse demonio ridiculo quiser guerra pra poder se perpetuar no poder, ele não escolheria o Brasil para demonstrar o seu poder bélico. Por mais sucateado que esteja o nosso exercito, nós temos os nossos soldados, muito preparado. Acredito no nosso potencial num momento dificl. Mas o que importa é que não podemos ficar quieto para as provocações e humilhações dos outros.
    "... Verás que um filho teu não foge à luta,
    Nem teme, quem te adora, a própria morte ..."
    abraço

    ResponderExcluir
  6. -Resposta a resposta -
    Bom no ponto que não temos equipamento militar tens razão, mas é que é triste termos que admitir a nossa incapacidade.
    Ninguem gosta de ser humilhado. O sentimento de impotencia ante esses homens é a pior parte.E se não fossem os politicos, nós poderiamos ser diferentes, por isso eu gostei da tua idéia de missil em brasilia :D ... se pelomenos matasse uns 60% dos politicos já tava bom...hehehe
    * o iPhone por 3000 é o iphone normal.... o do meu post, será lançado em janeiro, ou seja o preço vai nas alturas heheh
    abraço.

    ResponderExcluir
  7. Bom... eu creio que não...
    porque o Hugo pode ser um ditador, mas acho que ele faz para o bem da sua nação... já Hitler... bom,... deixa pra lá!
    hehhehe

    blog legal...

    ResponderExcluir
  8. cara, muito interessante seu texto,e ah sim uma certa semelhança entre os dois

    ResponderExcluir
  9. Dragus, concordo plenamente com essa semelhança entre o Chavez e Hitler e o que mais me preocupa é o Lula dando uma de amiguinho desse Ditador, acho um absurdo.
    Excelente texto!!

    www.ooohay.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Não, camarada, Lula não é neutro coisa nenhuma. Ele é inteiramente a favor de Chavez. Foi ridiculo, patético, vê-lo na TV dizer que pode-se "inventar" qualquer coisa sobre Chavez menos que ele seja democrático.

    ResponderExcluir
  11. O Chaves tá mais para "ditador genérico" do que para Hitler. Estes passos que Chaves está seguindo, são os necessários para consolidar sua ditadura petrolífera. Mas existem alguns pontos que dissocia a identidade dos dois ditadores:

    - O embasamento teórico que justifique uma guerra. Hitler usou a Eugenia e a teoria da Raça Pura...
    - A Venezuela não precisa de uma guerra para gerar lucros industriais, diferente da Alemanha Nazista;

    e outros, eu acho...

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Também tive a mesma impressão e citei algo assim lá no Visão. O recado claro nesse sentido, é a ameaça de invadir a Bolívia caso derrubem Evo. O que parece estar para a contecer. Afinal a Bolívia nunca esteve tão rachada e abeira de uma guerra civil como agora. Todo o continente prende a respiração esperando o desfecho. Se Evo cair, Chávez intervirá? E se o fizer, qual será o posicionamento dos vizinhos? Um imbecil megalomaníaco desestabilizou todo um continente.

    ResponderExcluir
  13. bom vou falar a verdade, eu nao entendia muito bem as coisas sobre o chávez.. mas li seu post e passei a compreender melhor!! x))

    bjos

    ResponderExcluir
  14. Bom...politico é tudo igual...nao adianta, o mundo não vai mudar não...Alguns são melhores, mas a grande maioria não tem mais salvação

    ResponderExcluir
  15. Cada dia me irrito profundamente ao ler qualquer coisa sobrre Chavez... Por que a globo e a mídia quer fazer todo mundo ter raiva de Chavez???
    Pelo amor de deus!! Chavez n deu um golpe, sofreu um.....

    É preciso ler e conhecer o lado dele tb...Nós, brasileiros, com exceção de pouca coisa da Record News, só escutamos e lemos sobre um lado da história e por isso qualquer conclusão sobre o assunto é precipitada!

    Abço.

    http://dapleura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. O Sr. Hugo Chaves é um fanfarrão, quando ele realmente incomodar as grades nações será esmagado como um rato que é.
    O brazil é um povo manso e Sr. Hugo brinca com o governo Brazileiro.
    De sermos latino e muy amigo.
    Na realidade o grande problema da América latina é a desunião de seus povos.
    E o presidente brasileiro não age como um chefe de estado.
    Finge que nada acontece quadro um índio chama seu exercito e expulsa brazileiro das entalações da Petrobrás que custou 150.000.000.000 bilhões de dolares.
    Prestem muita atenção ele pode atrapalhar muita a vida do Brazil, por ser um morador muito próximo.

    Quanto ao Blog, novo não sei se vc conseguiu lê.
    Ttem umas matérias bem legais


    []s L.Sakssida

    ResponderExcluir
  17. é preciso levar em conta - antes que qualquer comparação - o momento histórico de cada um e, acima de tudo, o nível intelectual de cada povo. Há diferenças substanciais entre o povo alemão 9da época) e o povo venezuelano. Os níveis educacionais muitas vezes se sobrepõem às necessidades econômicas. Sem contar que, histórico-geograficamente, a América Latina aceita esse tipo de governo com mais complacência.

    O nacionalismo é, via de regra, uma arma de canalhas, de bandidos.
    De Hitler a Gavão Bueno; de Leopoldo II a Médici.

    ResponderExcluir
  18. Rapaz,
    bate na madeira três vezes!!
    parecido é sim, mas tomara que não tenha ideáis de bárbares como hitler tinha! pobre povo venezuelano!
    E olha que estão perto do brasil!!!
    Deus me livre!
    Mas que ele é ditador é, e que está fazendo tudo errado também!
    Sou a favor de combater as coisas erradas que tem hoje, mas não dessa maneira! acabando com o povo!
    e isso vai ter mta historia ainda, e talvez até assassinatos e guerras!
    Infelizmente!
    Parabéns pelo post!!!!

    ResponderExcluir
  19. Hoje ouvi na CBN um debate sobre dois historiadores falando a respeito do Chavez. E o incrivel é que um deles estava convicto de que a democracia reina por aquelas bandas. Vai entender...

    ResponderExcluir
  20. Bom comentário. Importante seria percebermos que Chávez pode ser apenas uma ponta de ice-berg de uma história política/sócio/econômica muito mal resolvida na A. Latina. Só espero que a ditadura não volte a nos visitar, e espero ainda mais que não seja novamente uma ditadura de direita.

    ResponderExcluir
  21. O Tenente-Coronel Hugo Chaves de Frias é um golpista por natureza. Tentou um primeiro golpe que não deu certo. Finalmente assumiu a presidencia atraves de "democraticas" eleições nas quais suas milícias fizeram e aconteceram. Após tanto tempo no poder, cada vez mais gordo, fumando cohibas, já se revela como é: Uma pessoa com grandes pretensões pessoais, que não tem escrupulos na busca da satisfação de suas vontades, a caminho de se perpetuar como chefe de um politburo cleptocrata.
    Está fazendo de tudo para incomodar o Brasil com essa historinha de Bolivarianismo, quando aconselha abertamente o Pres Correa (Equador), o Pres Morales (Bolivia) e agora o Pres Bispo Lugo (Paraguai) a interditarem a presença de empresas brasileiras em seus paises e a desafiarem o Brasil por todos os meios e formas. Ele deseja ocupar o lugar de influencia do Brasil.
    O armamento que está comprando é tipico de quem prioriza atacar e não se defender. Espero que não venha a usá-lo contra nós.

    Urge que o executivo brasileiro tome providencias para neutralizar o paraquedista gordinho. Caso precisem de assessoria sobre como neutralizá-lo ou volatilizá-lo é só perguntar ao Sarkozy, ao Putin ou ao Obama que eles ensinam.

    ResponderExcluir
  22. BEM EQUIVOCADO MESMO.. VOCÊ NÃO SABE ABSOLUTAMENTE NADA SOBRE O QUE ESTÁ ACONTECENDO NA VENEZUELA. PESQUISE ANTES DE SAIR ESCREVENDO,ISSO PODE INFLUENCIAR ALGUÉM. HUGO CHAVES NÃO DEU UM GOLPE, ELE S O F R E U UM GOLPE. AFE!

    ResponderExcluir
  23. este comentario es pessaol porque estan a querer transformar pessoa boas em pessoas ma.peco a esta pessaos que me deixen em paz porque com seus conflitos e sua podridao de vida no vao conseguir nada de mi.por favro peco as pessoas boas se las ha que me ajudem.os anjos iluminen

    ResponderExcluir
  24. nossa, as semalhanças realmente assustam.

    ResponderExcluir
  25. REVOLUÇÃO QUILOMBOLIVARIANA!1 parte
    Manifesto em solidariedade, liberdade e desenvolvimento dos povos afro-ameríndio latinos, no dia 01 de maio dia do trabalhador foi lançado o manifesto da Revolução Quilombolivariana fruto de inúmeras discussões que questionavam a situação dos negros, índios da América Latina, que apesar de estarmos no 3º milênio em pleno avanço tecnológico, o nosso coletivo se encontra a margem e marginalizados de todos de todos os benefícios da sociedade capitalista euro-americano, que em pese que esse grupo de países a pirâmide do topo da sociedade mundial e que ditam o que e certo e o que é errado, determinando as linhas de comportamento dos povos comandando pelo imperialismo norte-americano, que decide quem é do bem e quem do mal, quem é aliado e quem é inimigo, sendo que essas diretrizes da colonização do 3º Mundo, Ásia, África e em nosso caso América Latina, tendo como exemplo o nosso Brasil, que alias é uma força de expressão, pois quem nos domina é a elite associada a elite mundial, é de conhecimento que no Brasil que hoje nos temos mais de 30 bilionários, sendo que a alguns destes dessas fortunas foram formadas como um passe de mágica em menos de trinta anos, e até casos de em menos de 10 anos, sendo que algumas dessas fortunas vieram do tempo da escravidão, e outras pessoas que fugidas do nazismo que vieram para cá sem nada, e hoje são donos deste país, ocupando posições estratégicas na sociedade civil e pública, tomando para si todos os canais de comunicação uma das mais perversas mediáticas do Mundo. A exclusão dos negros e a usurpação das terras indígenas criou-se mais e 100 milhões de brasileiros sendo estes afro-ameríndio descendentes vivendo num patamar de escravidão, vivendo no desemprego e no subemprego com um dos piores salários mínimos do Mundo, e milhões vivendo abaixo da linha de pobreza, sendo as maiores vitimas da violência social, o sucateamento da saúde publica e o péssimo sistema de ensino, onde milhões de alunos tem dificuldades de uma simples soma ou leitura, dando argumentos demagógicos de sustentação a vários políticos que o problema do Brasil e a educação, sendo que na realidade o problema do Brasil são as péssimas condições de vida das dezenas de milhões dos excluídos e alienados pelo sistema capitalista oligárquico que faz da elite do Brasil tão poderosas quantos as do 1º Mundo. É inadmissível o salário dos professores, dos assistentes de saúde, até mesmo da policia e os trabalhadores de uma forma geral, vemos o surrealismo de dezenas de salários pagos pelos sistemas de televisão Globo, SBT e outros aos seus artistas, jornalistas, apresentadores e diretores e etc. Movimento Revolucionario Socialista QUILOMBOLIVARIANO
    vivachavezviva.blogspot.com/
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil fundação 20/11/1970
    por Secretário Geral Antonio Jesus Silva

    ResponderExcluir
  26. REVOLUÇÃO QUILOMBOLIVARIANA! 2parte

    Manifesto da Revolução Quilombolivariana vem ocupar os nossos direito e anseios com os movimentos negros afro-ameríndios e simpatizantes para a grande tomada da conscientização que este país e os países irmãos não podem mais viver no inferno, sustentando o paraíso da elite dominante este manifesto Quilombolivariano é a unificação e redenção dos ideais do grande líder Zumbi do Quilombo dos Palmares a 1º Republica feita por negros e índios iguais, sentimento este do grande líder libertador e construí dor Simon Bolívar que em sua luta de liberdade e justiça das Américas se tornou um mártir vivo dentro desses ideais e princípios vamos lutar pelos nossos direitos e resgatar a história do nossos heróis mártires como Che Guevara, o Gigante Oswaldão líder da Guerrilha do Araguaia. São dezenas de histórias que o Imperialismo e Ditadura esconderam.Há mais de 160 anos houve o Massacre de Porongos os lanceiros negros da Farroupilha o que aconteceu com as mulheres da praça de 1º de maio? O que aconteceu com diversos povos indígenas da nossa América Latina, o que aconteceu com tantos homens e mulheres que foram martirizados, por desejarem liberdade e justiça? Existem muitas barreiras uma ocultas e outras declaradamente que nos excluem dos conhecimentos gerais infelizmente o negro brasileiro não conhece a riqueza cultural social de um irmão Colombiano, Uruguaio, Argnetina,Boliviana, Peruana,Venezuelano, Argentino, Porto-Riquenho ou Cubano. Há uma presença física e espiritual em nossa história os mesmos que nos cerceiam de nossos valores são os mesmos que atacam os estadistas Hugo Chávez e Evo Morales Ayma , não admitem que esses lideres de origem nativa e afro-descendente busquem e tomem a autonomia para seus iguais, são esses mesmos que no discriminam e que nos oprime de nossa liberdade de nossas expressões que não seculares, e sim milenares. Neste 1º de maio de diversas capitais e centenas de cidades e milhares de pessoas em sua maioria jovem afro-ameríndio descendente e simpatizante leram o manifesto Revolução Quilombolivariana e bradaram Viva a,Viva Simon Bolívar Viva Zumbi, Viva Che, Viva Martin Luther King,Malcolm X Viva Oswaldão, Viva Mandela, Viva Chávez, Viva Evo Ayma,Rafael Correa, Fernado Lugo, Viva a União dos Povos Latinos afro-ameríndios, Viva 1º de maio, Viva osTrabalhadores e Trabalhadoras dos Brasil e de todos os povos irmanados. Movimento Revolucionario Socialista QUILOMBOLIVARIANO
    vivachavezviva.blogspot.com/
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil fundação 20/11/1970
    por Secretário Geral Antonio Jesus Silva

    ResponderExcluir
  27. REVOLUÇÃO QUILOMBOLIVARIANA!
    Manifesto em solidariedade, liberdade e desenvolvimento dos povos afro-ameríndio latinos, no dia 01 de maio dia do trabalhador foi lançado o manifesto da Revolução Quilombolivariana fruto de inúmeras discussões que questionavam a situação dos negros, índios da América Latina, que apesar de estarmos no 3º milênio em pleno avanço tecnológico, o nosso coletivo se encontra a margem e marginalizados de todos de todos os benefícios da sociedade capitalista euro-americano, que em pese que esse grupo de países a pirâmide do topo da sociedade mundial e que ditam o que e certo e o que é errado, determinando as linhas de comportamento dos povos comandando pelo imperialismo norte-americano, que decide quem é do bem e quem do mal, quem é aliado e quem é inimigo, sendo que essas diretrizes da colonização do 3º Mundo, Ásia, África e em nosso caso América Latina, tendo como exemplo o nosso Brasil, que alias é uma força de expressão, pois quem nos domina é a elite associada a elite mundial, é de conhecimento que no Brasil que hoje nos temos mais de 30 bilionários, sendo que a alguns destes dessas fortunas foram formadas como um passe de mágica em menos de trinta anos, e até casos de em menos de 10 anos, sendo que algumas dessas fortunas vieram do tempo da escravidão, e outras pessoas que fugidas do nazismo que vieram para cá sem nada, e hoje são donos deste país, ocupando posições estratégicas na sociedade civil e pública, tomando para si todos os canais de comunicação uma das mais perversas mediáticas do Mundo. A exclusão dos negros e a usurpação das terras indígenas criou-se mais e 100 milhões de brasileiros sendo estes afro-ameríndio descendentes vivendo num patamar de escravidão, vivendo no desemprego e no subemprego com um dos piores salários mínimos do Mundo, e milhões vivendo abaixo da linha de pobreza, sendo as maiores vitimas da violência social, o sucateamento da saúde publica e o péssimo sistema de ensino, onde milhões de alunos tem dificuldades de uma simples soma ou leitura, dando argumentos demagógicos de sustentação a vários políticos que o problema do Brasil e a educação, sendo que na realidade o problema do Brasil são as péssimas condições de vida das dezenas de milhões dos excluídos e alienados pelo sistema capitalista oligárquico que faz da elite do Brasil tão poderosas quantos as do 1º Mundo. É inadmissível o salário dos professores, dos assistentes de saúde, até mesmo da policia e os trabalhadores de uma forma geral, vemos o surrealismo de dezenas de salários pagos pelos sistemas de televisão Globo, SBT e outros aos seus artistas, jornalistas, apresentadores e diretores e etc. Movimento Revolucionario Socialista QUILOMBOLIVARIANO
    vivachavezviva.blogspot.com/
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil fundação 20/11/1970
    por Secretário Geral Antonio Jesus Silva

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.