Impostômetro, você já ouviu falar?


Obviamente se mora na Grande São Paulo ou em algum momento passou pela capital paulista já deve ter ouvido falar ou mesmo visto.

O impostômetro é um imenso calendário, localizado no centro de São Paulo, instalado no prédio da ACSP na rua Boa Vista, e pode ser visto por quem passeia pelas ruas de São Paulo.

Da primeira vez que estive em São Paulo pela primeira vez, ainda não tinha e apenas o vi - notei. - ano passado quando estava passeado com minha atual esposa em direção a Galeria do Rock (se você, turista ou não, quiser ver onde fica é o primeiro ponto turístico que vi com a função de informar e não apenas de divulgar, basta apenas passear no entorno da região... não é difícil de encontrar), e em um ano onde se discute a prolongação ou não de impostos, é interessante antes disso tudo, ver os números em arrecadação.

No momento em que acessei o site da campanha/projeto, vi que hoje, dia 10/12/2007, a arrecadação do ano em todo o país chegará até 2008 em quase 900 bilhões - se não passar -, dos quais cerca de 540 bilhões até o momento foram apenas pela União (lê-se Governo Federal)

É. Vou colocar os zeros para se ter idéia do montante...

R$ 900.000.000.000,00

São tantos zeros que você nem saberia o que fazer com isso. E esse valor é referente APENAS com aquilo que o governo fatura em impostos, não leva em conta o faturamento da Petrobrás, Eletrobrás ou de outras empresas estatais, que tem ganhos fundamentados não somente no que cobram de você, eu, e de todos que moram em nosso país.


A primeira coisa que deve passar pela cabeça de qualquer um que viu o valor é: e o que fazem com todo esse dinheiro?

Nada.

Enrolam, fazem maquiagem, algumas obras públicas e financiam seus próprios gastos. Mas o retorno em cima desse montante é praticamente nulo.

Vejam, por exemplo, o volume de dinheiro previsto no orçamento 2008 para a Educação, um dos preceitos básicos da constituição, é de apenas 12 Bilhões, ou seja, menos de 10% do arrecadado, mesmo que consideremos apenas o montante de impostos da União, ditos acima já na casa de 500 bilhões.

Se passarmos para a ótica da segurança, a verba que o governo reserva não passam de 13 bilhões, observados os valores previstos e que podem ser visualizados no site do Orçamento. Sendo que são 10 bilhões para as forças armadas e APENAS 3 bilhões para a segurança interna. Obviamente que esse montante gasto se reflete claramente em nossos presídios muito bem administrados (conhecidos como Faculdades do Crime, onde não se renegera bandido, mas se faz chefões do crime), em nossas ruas, em nosso combate a corrupção, em nossas polícias bem treinadas e equipadas, em nosso combate ao tráfico que gera resultado e faz de Rio de Janeiro e São Paulo exemplos para o mundo, e obviamente, responsável pela carga de ironia com que teci os comentários. =/

Não precisa ser graduado em economia para ver que existe algo errado na relação entre o que se arrecada e o que se recebe em troca.

E, não estou colocando isso aqui para fazer alarde, mesmo porque se quisesse só falaria disso, e não faltaria assunto, mas é para lembrar que o ano de 2007 está acabando, pouco mudou, por sinal em muitas áreas piorou, e ainda assim não parece que vai melhorar enquanto a relação custo-aplicação não melhorar.

O pior é que ano que vem teremos eleições municipais... E se não começarmos a escolher nossos candidatos agora, ou pelo menos a excluir alguns da lista de prováveis... Mas a verdade é que como nas eleições de 2006, serão os mesmos candidatos bandidos, e os mesmos criminosos eleitos. Nada muda, o sistema como um todo não permite, ele tolhe o pensamento do cidadão e a mídia em geral é parceira do sistema, criando uma ilusão em cima do poder do voto quando na verdade não há como o voto ter poder se não existe interesse da maioria da população por nada, e isso se reflete na política.

Como se diz por aí, cada lugar tem os políticos que merecem... Não são os candidatos que são ruins, é a população que não vota. E mesmo que a população vote, que garantias temos se votamos em quem votamos? O processo decisório hoje em dia NÃO É TRANSPARENTE... Mas isso é tema para outra postagem.

A propósito, todas as imagens, com exceção da primeira, foram retiradas do site do Ministério do Planejamento, do projeto de lei orçamentária de 2008, que pode ser visto logo abaixo, nas fontes

Fontes:
Evidentemente, esse é mais um post que merece a Bandeira do Brasil de 2014, criada por esse blog para simbolizar nossa honestidade, nossa capacidade organizacional, nossa justiça mão de ferro, nossos políticos honestos, nossas cidades calmas e sem violência e, o principal, a ironia dos autores do blog...





Notícias da redação que se faz na escola:
Ainda esperando pela melhora do Blogueiro PK, que desde o dia 08/12 sofreu um grave acidente que queimou uma parte de seu corpo o monitor. Segundo sua própria promessa, ele afirmou ao Pensamentos Equivocados, ou melhor, para mim, que voltará a enxergar hoje ou amanhã e que voltará com força total para a realização da retrospectiva 2007. Nós, os autores do Pensamentos Equivocados aguardamos ansiosos por sua recuperação. Até o momento não tenho notícias de que PK tenha sobrevivido a perda de sse importante orgão e sua posterior experiência na maldita Fazenda Tucano.

15 comentários:

  1. Estou chocado...

    Nunca vi tantos zeros em um montante, na minha vida.

    Melhoras para o PK.

    www.wanna-a-drink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A gente paaaaga, e paaaaaaga.. e os caras somem com nosso dinheiro. Vergonha!

    ResponderExcluir
  3. Falta o palhaçômetro... para nos presentear com um belo nariz =)
    Rir para não chorar!
    Abração!

    ResponderExcluir
  4. >> passa lá no diversitate que eu respondi aos comentário e coloquei geral numa situação... quero saber o que vc faz, pode ser?

    bjos

    http://mentesdiversas.blogspot.com/2007/12/reduz-ou-no.html

    ResponderExcluir
  5. Eu já conhecia o site do Impostômetro. É realmente um absurdo a carga tributária nesse país, não tem nem mais o que falar.

    Um abraço!

    www.ooohay.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Tanto dinheiro... Tão pouco o que fazer...

    Brasil Rico em dinheiro... Mas pobre em Alma...

    se curva ao mundo, quando o mundo poderia se curvar a ele...

    Até quando Brasil? Até quando?

    ResponderExcluir
  7. eh o brasil meu caro!
    o jeito eh matar akeles fdp!

    ResponderExcluir
  8. Haha, se eu tivesse um poqinho disso

    ResponderExcluir
  9. opa! o governo lucra, sim. Mas tem muito gasto fora dos cálculos aí. A própria manutenção da máquina pública e vários programas sociais, obras,...a lista é extensa.

    ResponderExcluir
  10. Cara é um absurdo!
    parece que o governo ouvio metade da teoria liberal, reduzindo o apoio ao cidadão, porém na parte onde o Estado deveria ser enxugado, eles não ouviram...
    Os serviços publicos pioram mas a arrecadação aumenta.
    O que deveria ser feito seria a diminuição do Estado e na diretamente proporcional a redução dos impostos. Mas é assim, olhei o impostometro e a espectativa de 01/01/2008 a 31/12/2008 seja arrecadado nada mais nada menos do que 1 trilhão!!! isso mesmo... 10% a mais que nesse ano, que absurdo!
    abraço cara, sempre otimo o seu blog.

    ResponderExcluir
  11. Pelo menos um acabou de rodar, a CPMF foi pro saco.

    Aguardemos agora o apocalipse anunciado pelo governo. Esses caras querem sempre mais e mais.

    ResponderExcluir
  12. Rapaz, isso não é culpa dos políticos, de burocratas ou de tecnocratas... é culpa do povo. O povo que elege o executivo e o legislativo. O pior do Brasil é o brasileiro. Esse povinho de merda daqui merece o governo que tem. Não é questão de falta de educação, não, porque já conheci analfabetos que têm senso critico e sabem muito bem o que fazer e o que não fazer com o seu voto. Não precisa ser um letrado pra reconhecer um safado, um criminoso quando se vê um. O que falta ao povo brasileiro, mais que educação é honestidade, caráter, ética e vergonha na cara.

    ResponderExcluir
  13. a solução é simples: cair fora, ir para o exterior. Sério, o Brasil é mais uma dentre um monte de coisas/fatos/pessoas com os quais estou desiludido. Tudo aqui que era para ser provisório vira permanente. Só ladrão de galinha é punido. Só os pobres e a classe média q se fode.

    http://almabebada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Muito boa essa coluna....Posts com bastante consciência....
    se todos os brasileiros fossem assim.....
    Um grande abraço
    depois visite
    www.bucomaxilofacial.blogspot.com

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.