BBB8: Começou a Baixaria.


Mais um ano começa, e nos últimos oito anos o assunto do verão, depois do Ano Novo e Natal, é sempre o mesmo... Big Brother Brasil.

Mas não quero abrir essa discussão dando minha opinião sobre o programa, pois ela é irrelevante e existem pelo menos milhares de pessoas até mesmo nesse momento digitando alguma opinião a respeito. Quero falar de você.

Mas não você que está alheio a toda essa discussão que pipoca pela rede em torno de coisas que envolvem palavras como "moralidade", "baixaria", "dinheiro", "televisão é cultura" e tudo aquilo que se tornou repetitivo e beirando o ridículo.

Eu gostaria sinceramente de entender essa relação de amor-ódio, principalmente ódio com esse programa que ocupa apenas curtos três meses de um ano com doze, e criado com o intuito de tapar o buraco das férias da programação noturna da TV Globo (leia-se, Casseta & Planeta, Globo Repórter, minisséries, etc). Não que outros canais não possuam alternativa, e existem muitas, até novela existe esse ano (a Caminhos do Coração da Rede Record), sem contar opções pagas.

Porque então há uma necessidade de se discutir um programa de televisão. As pessoas, geralmente as mesmas, esperam uma vez por ano que o rosto de Pedro Bial apareça em frente da televisão com o logotipo do programa para começar a destilar seu veneno. Não demora muito surgem outros defendendo... Parece até Marketing Viral.

Para quem não sabe: Marketing Viral é divulgação de algo através de redes de influência, geralmente no meio online, e que consiste em divulgar um produto através de situações paralelas, como boatos, pessoas que falem mal ou bem, notícias plantadas e outras coisas assim.

Do jeito como a coisa pipocou nos últimos dias desconfio que uma parte significativa do público de internet e de comunidades foi convidada a fazer parte dessa divulgação incitando os que odeiam o BBB a se manifestar. Porque as que "odeiam"? Porque quem odeia é manipulável, é só fazer aquilo que a pessoa odeia, incitar esse ódio que ela faz seu trabalho. O mesmo vale para quem ama, mas no caso, quem ama pega mais leve, exceto quanto ofendem a pessoa amada. =p

Obviamente que é apenas suposição. Também pode ter a ver com oportunismo, onde pessoas como eu - eu admito. - puxam o tema sabendo que pessoas que gostam de barracos vão vir em seu site procurando agulha no palheiro... Se você chegou até aqui e é uma dessas pessoas, bem vindo. =D

Mesmo assim, mesmo assistindo por pressão familiar - minha esposa assiste. - e preferindo Caminhos do Coração (das opções que pegam em minha antena VHS velha) ao programa global, ainda não não consigo ter ódio ou amor por esse programa, apenas uma profunda indiferença.

Por sinal, e em tempo, foi-se o tempo em que a Rede Globo tentava disfarçar que as pessoas disputavam o dinheiro porque não tinham um milhão. Estava assistindo, com minha esposa, mas na verdade viajando na maionese (sabe quando você abstrai e fica autista por alguns momentos, e por vontade própria, ainda mais quando o assunto não agrada?) quando de repente escuto uma conversa sobre mililitros.

Pensei que fosse comida, mas passei perto. Estavam falando de silicone nas tetas. Se forem contabilizar quanto cada uma das mulheres ali gastou em plásticas, dado o teor da conversa, elas já torraram um milhão bem rápido... Só em recauchutagem. O antigo teor "social" do programa em inserir pessoas por sorteio definitivamente acabou e agora é mais do que nunca uma novela.

De resto, nada de novo que já não tenha acontecido nas edições anteriores, ou mudam a fórmula ou o programa muda de emissora, vai pra PQP-TV, a emissora responsável por aquilo que falha. =p

Por fim, credito essa fanfarronice toda em torno desse programa por alguns motivos, e não sei se concordará comigo:
- Público está ocioso, na falta do que fazer reclama;
- Não há programas bons no horário, o menos ruim deveria ser o da Globo, como não é... Malho a Globo;
- É da Globo, e o importante não é defender sua causa, mas que sua causa seja ofender a empresa Globo;
- Existe uma conspiração dos monges mancos do tiber do sul querendo que percamos tempo discutindo afinidades enquanto coisas importantes como o ano de eleição são esquecidos por todos. E esse ano promete ser uma porcaria eleitoral.
- todas as alternativas acima.
- Tanto faz, penso como você: o que me irrita no BBB não é o programa, mas as discussões sobre ele.

E então, mais alguma possibilidade para esse alarde todo em cima de um programa inofensivo que qualquer um pode resolver seu problema trocando de canal ou indo ler?

Sei lá, falar de BBB nessa época do ano é que nem falar de presente no natal, ou seja é chover no molhado. Mas atrai um público bem caloroso... Do tipo que xinga ofende a mãe e taca na macumba se continuar falando do objeto de idolatria seja bem ou mal. Pior do que o fã é aquele que odeia mas assiste apenas para fazer intriga. =p

10 comentários:

  1. bem, achei legal o texto sobre on BBB8...não gosto do programa, mas não perco meus dias falando mal e arrancando os cabelos.
    Posso ler livro no onibus, posso sair e a noite até mesmo me distrair com PC ou livro.
    Entendo a psicologia inserida para dar audiência, e é uma pena algumas pessoas com potencial acabarem comentando sobre isso.

    Mas, cada um colhe o que planta^^

    Abraços!

    www.florestadeconcreto.wordpress.com

    ^^

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvida alguma, um dos maiores lixos que a TV já produziu.

    ResponderExcluir
  3. Não adoro e não odeio BBB, simplismente porque desconheço totalmente e evito qualquer leitura ou comentério a respeito.
    O que sei é que vc escreve muito bem, por isso me prendeu até o final desta postagem.

    ResponderExcluir
  4. O que mais me irrita com o BBB (que assito quando estou em casa, mas não me atraso nem deixo de ir mijar por causa dele) é que é só começar o programa que chooove gente que odeia e é super preocupada com a qualidade do que é mostrado na televisão. Mas quando acaba o BBB, a preocupação dessas pessoas acaba junto.

    Como se a Tv fosse uma coisa boa, inteligente, e o Big Brother fosse o único vírus.


    [Será que a Globo paga pra gente como nós colocar lenha na fogueira?]
    (ignore isso se ela já te pagou ahuauha)

    o/

    ResponderExcluir
  5. Tá, tá! Eu admito: adoro reality shows. Não, não só Big Brother. Qualquer reality show. Não adianta nem perguntar o porquê, não sei responder. Talvez seja algum tipo de mensagem subliminar, ou então alguma substância viciante transmitida juntamente com a radiação. Não sei explicar e nem tenho muito orgulho disto, mas paciência. É uma espécie de vício, como coca-cola light e chocolate.
    Rsssss!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Simplesmente não assisto...

    assim não corro o risco de escutar qts mililitros vão em uma prótese de silicone!

    rsrsrs...

    Esses lindos esteriótipos estéticos...
    padrões...

    manipulação...

    não perco tempo debatendo...

    mas sempre tem alguém q me pergunta...

    - vc viu quem saiu da casa?

    não vou mentir que perco um pouco a paciência!! rsrs

    abraços!!!

    ResponderExcluir
  7. Criticar BBB estava virando motivo de ascensão social, o mesmo estava acontecendo ao contrário (elogio e regressão).

    Bah... Ontem comi xuxu, ninguém precisou ficar sabendo, minha vida continua a mesma!!!

    ResponderExcluir
  8. É publico e notório que eu odeio TV...
    Quanto ao BBB eu acho mais um caça níquel televisivo...
    Não assisto, nunca assisti e pretendo morrer sem assistir...
    A única coisa que sei é que um sujeito se masturbou na versão anterior as 14:00hs para alguns milhões de pessoas, inclusive crianças...
    E também fiquei sabendo que ele quem ganhou o nefasto programa...
    Depois disso, esperar o que?

    []s L.Sakssida

    ResponderExcluir
  9. legal é qu já tem video de gente fazendo à noite xixi no chão, mostrando a bunda enquanto, no mesmo quarto, tem gente mandando ver e com direit a som de gemidos e tudo mais!!!

    internet é uma beleza hein!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá, muito bom seu blog! estava procurando assuntos sobre a mentira relacionados a psiquiatria/psicologia

    Parabens pelo blog!

    Se puder, dá uma olhada no meu blog, coloquei um post relacionado a isso tbm!!!!-*/

    http://psicologiaparatodos.orgfree.com/blogpsicologia

    abraços! e parabens!

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.