Abuso de poder

Estou revoltada! puta, p/ dizer a verdade... Estava voltando da faculdade e vou ser sincera que não sei bem o que aconteceu, mas numa curva na barata ribeiro para entrar na toneleiros (em frente a estação arcoverde do metrô), aparentemente um carro da guarda municipal fechou o ônibus e ele teve que desviar... essa foi a parte que não vi pois estava do outro lado.

Porém conheço esse caminho de cor e sei que é realmente uma curva fechada... o problema é que do lado direito (onde eu estava), vinha uma viatura da PM. Não houve nada, nem uma encostadinha nem nada! Isso eu vi... Bom o ônibus seguiu e um pouco mais a frente parou no sinal. A viatura veio, parou do lado e o PM já saiu falando alto e mandando o motorista encostar! Todo mundo ficou indignado! O motorista obedeceu, e depois desceu. O PM não quis saber de nada e mandou ele pegar os documentos do carro e a carteira dele. Volta o motorista dizendo que o cara queria dar uma multa nele por "direção perigosa".

Ao voltar p/ falar com o PM, já com o documento na mão, ele tentou explicar a situação e o PM tentou tirar o documento da mão dele. O motorista não soltou na tentativa de explicar mas, com isso, o PM já agarrou o braço dele e virou falando que ele estava preso e foi empurrando ele para a viatura.

Óbvio que todos os passageiros desceram e começaram a contestar, nisso já haviam descido do carro outro policial e um cara que sabe se lá Deus o que era, mas estava todo arrumadinho (algum manda-chuva). Aí veio o que mais revoltou!!! Esse outro policial, que apareceu depois, deu o maior tapão no motorista!!!! Caramba!!!! Muita raiva mesmo!!!! Abuso total de poder!!!

Devo, com sorte, tirar minha carteira agora, e não me lembro de ter lido naquele livrinho ridículo e cheio de hipocrisia a parte: "direção perigosa - penalidade: multa, apreensão do veículo e do motorista e agressão física". Muito menos fazia parte das minhas expectativas haver a possibilidade de eu levar um murro por cometer alguma infração!

Fiquei muito revoltada! Claro que não tive a visão do que houve pelo lado da viatura e como disse, nem posso afirmar que realmente meu ônibus foi fechado. Mas os passageiros que estavam do outro lado confirmaram e mesmo que o motorista estivesse de certa forma ou completamente errado, não justifica a postura que o PM teve. Nunca me senti tão mal pela minha ignorância! Queria saber o suficiente para poder enfrentar o tal policial, mas...

Acabou que outro ônibus passou, o motorista continuou "preso", o PM cheio de marra, o arrumadinho misterioso só observando e a pobre da cobradora desesperada e nós, reles passageiros, seguimos a viagem, fui discutir sobre o ocorrido com os outros e chegou a ser levantada a hipótese de que aquele cara engomadinho era alguém e que aquilo tudo foi um grande show para mostrar serviço (o que não é difícil).

Não sei se é besteira minha escrever isso aqui, seja por não apresentar dados ou por ser um acontecimento pessoal. Mas realmente me incomodou... Tanta palhaçada por aí! Tanto bandido bem tratado e com tantos "direitos humanos", mesmo quando exitem tantas dúvidas (e certezas) quando a "humanidade" de tais indivíduos, sem esquecer de que, quando jovens, são menores carentes! Só se for de drogas, dinheiro e vidas roubadas...

Enfim... esse é o mundo... e o que fazem com ele, né...

Bju =*

8 comentários:

  1. Do começo até o final uma barbaridade que nem da margem de defesa pro outro lado.

    É o tipo de situação que o sujeito ou decide se agarrar no osso e seguir puteando e metendo a cara e indo atrás daquilo que julga justo.

    Um policial fecha um ônibus, agride um motorista, vamos pra síntese do fato. Ainda por cima o motorista fica detido e sabe lá o que fizeram com o pobre homem. Que seguramente nem prestar depoimento o fez por que o policial vai chegar com o cara lá como um troféu. Um clássico das delegacias, não só brasileiras, do mundo todo.

    Ainda o que serve de saída então é... pegar os trapos e lembrar que... ser sócio dessa sociedade.... me pode matar... bjo!

    ResponderExcluir
  2. Daqui a 90 mil anos quando vierem perguntar o que era uma sacanagem, prevaricação, abuso de poder, que se escolha o nome pra batizar essa barbaridade. Tranquilamente esse episódio explica isso tudo.

    Um policial fecha um ônibus cheio de civis. Não contente com isso manda encostar e bate no motorista mas não era só isso, o mesmo, prende o motorista....

    Nada disso faz sentido. A história foi contada de uma maneira que não abre um mínimo flanco de defesa pro outro lado.

    Muito menos consigo ver conformismo em quem tava no ônibus e não fez nada, quem não tava com medo provavelmente tava paralisado de choque, é uma situação muito surreal.

    Leva a duas conclusões uma história dessa. Seguir na luta, engolir sapo todo dia e tentar melhorar através de denúncias como essa, que demonstram indignação.

    Ou então, e não culpo quem vire e diga... Ser sócio dessa sociedade? Me pode matar....

    Bjo e parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir
  3. É isso ai!!
    Gostei muito desse post! Ótima leitura..
    Tenha um ótimo dia!!
    Beijos..

    ResponderExcluir
  4. Tem gente que acha que só por possuir uma farda, um distintivo, ou uma arma na cintura pode fazer o quem bem entende... Deplorável, enfim, é Brasil!

    ResponderExcluir
  5. Veja pelo lado bom: você poderia ser o motorista.

    Impunidade e a certeza da impunidade geram essas distorções da lei e dos homens que a representam.

    Um dia daqui a quinhentos mil anos pode ser resolver, ou não... =p

    ResponderExcluir
  6. Enquanto alguns se acharem 'otoridade' continuarão a fazer isso. Infelizmente isso é coisa de gente triste, que por não conseguirem ser felizes preferem ridicularizar os outros, abusando de um poder que lhes foi dado, querendo assim eliminar um pouco da tristeza em suas vidas, mesmo que isso custe o sofrimento de inocentes.

    ResponderExcluir
  7. O Poder é o que mais corrompe a mente humana. E o mais revoltante é que o poder só se combate com mais poder, ou seja, um ciclo vicioso.

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente esse é o Brasil. Abuso de autoridade, corrupção, violência gratuita pelo simples prazer de se achar superior ao outro, peraí, superior em quê? Em que esse PM é superior ao motorista? Em nada, nem no salário, tenho dito......

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.