[Piada] O terrível anônimo...

Adoro comentários anônimos.

Dentre eles o que mais me atrai são os dos poderosos postulantes e defensores da língua portuguesa.

São pessoas infelizes, evidentemente virgens e solteiras que sob o véu do anonimato (diga-se de passagem: ilegal no Brasil, mas complicado de eliminar em portais - como o Google - porque internacionalmente existem países que permitem) deixam sua inferioridade moral, material e, evidentemente, espiritual - se é que acredita em algo. - ao expor uma teórica e velada superioridade.

Uma das coisas que aprendi na internet nesses anos que em 100% das pessoas que atacam a capacidade de uma pessoa escrever são pessoas tão limitadas (intelectualmente, e que provavelmente seus cérebros pesem tanto quanto uma noz oca) que invalida a própria crítica ou impede de qualquer tipo de pensamento exceto talvez o de pena naqueles capazes de sentir pena.

Não sou um deles, claro.

Quer dar uma de palhaço, quer ser o bobo da corte ou quer ofender trago ao picadeiro e dou ovos ao público. Apesar de permitir o anonimato sempre deixo bem claro: quer ser idiota, tratarei a altura, ainda que precise em alguns casos de um microscópio para identificar moral em alguns.

Como é o caso desses:

Comentário de Cabra no Cio

Como não deixou nome nem endereço, vou cordialmente chamar de "Cabra no Cio", devido ao uso da palavra "animal" enquanto no que chama de comentário diz "meneeeee", o que identifiquei como o som típico que esses animais fazem quando provocados ou no cio. Uma pessoa que não utiliza acentos, não inicia frases com maiúscula, utiliza onomatopéias ou as inventa de acordo com algum prazer sexual mórbido (aberto ao que considere mórbido, leitor), para completar, indica-me pasto para comer?

Até onde sei ruminantes comem/alimentam-se de/ingerem pasto, ou seja, como a Cabra no Cio provavelmente sabe que o que me oferece deve ser seu prato usual. Infelizmente não posso aceitar essa iguaria de sua pastagem, por sinal, apenas posso oferecer em troca o dicionário, que espero que use-o do jeito correto, lendo-o.

Para facilitar, trago diretamente de um o significado do termo "frear" e de bônus a palavra "freio". Convido o leitor a identificar onde está escrito nos dicionários que o termo frear não se adequa ao sentido.

1. Diminuir a velocidade por meio de freios.



Retirado do dicionário Wiki, não me dei o trabalho, entretanto não é demais dizer que não há proibição do uso do termo.

Logo animal (Cabra no Cio é animal): pesquise antes de tirar conclusões imbecis.


Resposta simples, até porque pela maneira de escrever a pessoa possui um lado feminino exacerbado, utilizando a mesma frase mas adaptada ao seu anônimo, que vou chamar de Profª Raimunda, vinda lá de Tangamandápio do Norte (inventei o nome, espero que não exista).

Menina! Frase se inicia com letra maiúscula e quando escrevemos invocando formalidade ou técnica de escritas o uso de "!!" transforma nosso aviso em piada.

Origens teóricas (e como são anônimos, nem me preocupo em comprovar, poderia dizer que são do Burundi que não faria diferença):
Pela proximidade de horários imagino que a Cabra no Cio e a Profª Raimunda sejam provenientes da comunidade da Ilha de Paquetá, onde o Pk divulgou a última mensagem e que tem um retrospecto atual de ser uma espécie de "paraíso" do anonimato...

Depois a comunidade (referindo-me a Ilha também) se pergunta porque Paquetá só piora... Com pessoas preocupadas assim, estão todos perdidos.

9 comentários:

  1. Nunca vou entender essas pessoas que "acorregem tudiú"...
    Eu já corrigi algumas coisinhas que li em alguns blogs, mas mais por serem erros de digitação que sei que foram cometidos por um indicador trocado por um médio ou vice-versa, mas nada gramaticalmente phodástico...
    E nunca corrigi como dono da verdade, e apenas para fins de melhoria simplificada do texto. Tanto é que quando vejo algum errinho num blog de alguém que está no meu msn, eu falo pelo MSN e não num coment do blog...
    Agora, o cara postar anônimo, coimo dono da verdade, tentar chamar o autor dum texto de burraldo, com uma linha e meia...
    PUTZ... QUE BURRO! DÁ ZERO PRA ELE.

    PS: e eu também escrevo errado pra caralho... Especialmente em comentários... Encho de reticências e pouco me utilizo de letras maiúsculas nos inícios de frases. (E também esqueci e estou com rpeguiça de procurar a palavra início pra saber se tem ou não acento).

    PS 2: Estude mais viu? (Não deveria ter uma vírgula aí? Mas tudo bem... Uóréva.)

    ResponderExcluir
  2. O mais hilário é que este rebento de meretriz além de não iniciar usando maiúscula, não tem a menor noção de regras básicas de escrita, e ainda por cima, quer falar dos erros alheios.

    ResponderExcluir
  3. Lamentável...
    Sabe o que eu acho?
    Que, falar, até papagaio fala.

    Eu costumo dizer que, uma pessoa mal amada e mal trepada (desculpe o termo), é um problema.
    O cérebro se deteriora, e acaba com a sensatez.
    Ela se torna amarga, crítica (sem know-how pra isso), petulante e inconveniente.
    Não me lembro de vc ter solicitado um consultor, para essas questões.

    Mas, fazer o que?
    É uma forma de realização, sei lá.
    Vai ver, esse "ser", precisa disso como auto-afirmação.

    Beijokinhas, querido!
    *

    ResponderExcluir
  4. Você devia postar mais sobre aquele seu amigo legal, o Jay, que não consegue falar contigo porque não tem um número de telefone seu que ainda funcione =P

    ResponderExcluir
  5. Eu também permito comentários anônimos em meu blog, para que pessoas que não tenham conta possam deixar seu comentário, no entanto os 2 que tive sem nenhuma identificação foram ofensivos.
    Acho engraçado isso, para mim é uma clara demonstração de covardia. Criticar é atitude madura, que visa melhorar. E por isso não precisa de anonimato. Mas ofender gratuitamente, para satisfazer uma eventual carência de amor próprio é algo de gente que precisa crescer e muito.

    O que eu faço com estes comentários no meu blog? Ignoro. Não me ajudarão a melhorar, então para mim não passa de um monte de bytes.

    []'s

    ResponderExcluir
  6. É incrível como essa racinha de anônimos imbecis tem dominado a blogosfera... covardia pura!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Larissa, seja bem vinda de volta. =)

    ResponderExcluir
  8. Por um bom tempo não permitia comentários anônimos por lá mas, quando descobri que alguns leitores não acessam o blog de um local seguro e por isso não querem fazer login em sua conta, partindo do local onde estão; deixei aberto os comentários mas, acredito que a pessoa deve se identificar com um nome, seja lá que nome for.

    Detesto aqueles que se arrastam pela internet sem identificação...

    Tempos atrás, ficava magoada com aqueles que chamavam pessoas como esses anônimos de salsinhas, e muita gente falava e como professora ainda defendia pensando:"Eles não sabem o que fazem"... "É culpa do sistema"...

    Como o tempo nos ensina muita coisa, aprendi que com este tipo de gente, só fazendo isso que tu fez aqui.

    Fico pasmada quando anônimos querem ensinar como escrever, se nem alfabetizados estão.

    Em tempo: Comentários neste estilo ou um outro que colocaram bem na parte inicial do blog(convite fraudulento para quem caísse de paraquedas) eu sempre apago...

    Beijos!

    Bom domingo para você e sua família!

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.