Morre vítima do 397.


Semanas atrás eu e o PK testemunhamos o desenrolar de um acidente envolvendo a viação Ocidental e a linha 397 (até então proibida de circular, mas que ignorava a proibição judicial).

Hoje lendo o jornal Extra vi que infelizmente a previsão das pessoas estava correta: a pessoa morreu.

A notícia digitalizei e coloco abaixo.



Priscila foi vítima do descaso e da total omissão da justiça brasileira. Com apenas 18 anos de idade e uma vida maravilhosa pela frente, sumariamente interrompida por um bando de pessoas sem escrúpulos ou respeito ao próximo (que se reflete no desrespeito pela lei) que coloca um volante de um ônibus em estado precário na mão de um motorista em geral mal treinado, despreparado e sem condições mínimas de exercer qualquer função, e que só o faz porque ou é desse jeito ou morre de fome.

Transformada agora em mais um número na triste estatística de pessoas que morrem porque nossas leis são fracas e as autoridades competentes a proteger nossas vidas ou perdem tempo legislando em causa própria ou quando estão interessadas não tem autoridade/poder para tal. Pessoas que deveriam nos representar, mas estão nesse momento concentradas em obter um evento olímpico sem sequer arrumarem a "casa" para isso.

Fico ainda mais chocado e revoltado ao ler que um dos representantes da empresa alegou que a menina tinha atravessado a rua fora do local apropriado, sendo que ela foi atingida na faixa de pedestres (pela foto parece até que foi na calçada) e até onde sei o ônibus tinha avançado o sinal e não tinha freado a tempo exatamente pelos motivos que levaram a empresa a perder a concessão: falta de manutenção e conservação.

Mas enfim... Rio 2016 vem aí.

Vamos celebrar a morte, escolas sem professores, hospitais sem médicos e a hipocrisia cada vez maior de nosso povo e a provável conquista de um evento que não trará benefícios a população (a exemplo do Pan 2007)?

Não consigo, tem quer ser muito alienado ou corrupto para isso.

2 comentários:

  1. Não é apenas a Ocidental, nenhuma empresa do RJ presta. Tenho milhares de histórias para contar sobre o mau exemplo das empresas e seus funcionários, e das empresas fiscalizadoras.

    Só para ilustrar, a mais recente ocorreu onte: Saio de Ipanema, para a minha casa e pego o 433(Vila Isabel- Leblon) de número 27515 da empresa Vila Isabel, quando ao entrar em Cocacabana, o validador do Rio Card dá defeito travando a roleta. O motorista guia até o ponto com o fiscal mais proximo, alguns pontos mais a frente, que o permite continuar a viajem somente para que já estava dentro do onibus. Aqueles que estavam no ponto de onibus após um dia inteiro de trabalho, ficariam esperando o proximo. Seria simples se o problema fosse somente esse, pois no ponto do Rio Sul. o fisca de lá informou que aquele era o 15º carro seguido com o mesmo problema.

    Olha que quase a totalidade das linhas dessa empresa rodam a zona sul

    ResponderExcluir
  2. Um fato desses é realmente lamentável.

    Agora virá a ilusão de que tudo está bem e nada precisará ser mudado.

    Vim me despedir e dizer que este é meu último comentário nos blogues dos amigos, como Iza.

    Quero agradecer a todas as palavras deixadas em meus blogues e que serviram para enriquecer as postagens.


    Como Iza, a gente ainda se vê pelo orkut, twitter.

    Como blogueira ainda visitarei este blog e vocês perceberão que sou eu.

    Obrigada! Beijos no coração!

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.