Obrigado por votar (ou Desabafo).


É, você mesmo.

Você que entre uma punheta e outra entrou aqui no Pensamentos, que procurava por Sandy Pelada ou as piadas do costinha e teve o azar de querer ver o resto. Você que insiste em votar no menos ruim, mas não se preocupa em fiscalizar. Você que fez o tradicional macete de colocar cerveja em lata de guaraná antes de votar e só digita "51" na urna (mas na verdade está digitando na testa do presidente da mesa).

Se existe algum culpado por precisarmos criar uma lei inócua e cheia de boas intenções (daquelas que fazem do inferno um lugar popular), que impede bandido de se candidatar, mas não impede o uso da máquina judiciária como filtro de interesses.

Você que acredita que os X-Adultos, um time formado por Jesus, Deus, Buda, Maomé e Papai Noel unirão seus poderes e salvarão o universo e a sua alma sem precisar se esforçar para isso.

Que realmente acredita que o sistema não de adapta a toda e qualquer tentativa de moralizar o próprio sistema. Você que está sentado no sofá, com o papel higiênico na mão direita e ajeitando a calça no exato momento em que seu pai invadiu o quarto e você precisou fingir que a aba do youporn não está visível (enquanto ele finge não ver).

Você que se chama Maria e seu pai pergunta o que tem na sua boca. Você que pensa que flores resolvem tudo enquanto deixa outros lutarem por você. Você que se ilude pensando que a única oportunidade de mudança está em uma urna eletrônica com um sistema que não permite recontagem e insistem em nos dizer ser confiável.

Você não.

Eu, tu, nós.

É tempo de acordar.

Enquanto você se preocupa com dungas, as bruxas más do congresso estão temperando suas maçãs para que um a um devoremos as frutas e passemos pelo menos dois anos dormindo, esperando que um príncipe encantado venha de marte (ou da p*ta que nos pariu), para acordamos engolindo sapos.

Sapos colocados no poder com nosso voto e mantidos com nossa omissão.

É por isso que antecipadamente agradeço por seu voto.

Você f*derá sem vasilina o país, a nação e o mais impressionante, f*derá a si mesmo. E usando a linguinha dos Rolling Stones.

E antes que xingue, faça um favor a si mesmo:

Prove que estou errado.

2 comentários:

  1. Texto forte, mas condizente com a realidade. Poucos poderão provar o contrário.

    :p

    ResponderExcluir
  2. Nada mais certo e cruelmente verdadeiro. O eleitor é, e sempre foi, o principal culpado por todas as mazelas que nos assaltam.

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.