Quando o desespero te torna ridículo.

Mulher: algo que aparentemente o presidente do PSDB não gosta.


Lendo alguns links que me mandam diariamente pelo twitter me deparei hoje com uma notícia que considerei no mínimo absurda, vejam o título da mesma: "PSDB pede proibição de música do Ultraje a Rigor por causa da expressão 'mulher pra presidente' ".

A música em questão é a famosa "Eu gosto é de mulher", escrita pelo vocalista e guitarrista Roger, e lançada no álbum "Sexo" de 1987. Para quem ainda não conhece, vai a dita cuja:



Agora a letra:

Vou te contar o que me faz andar
Se não é por mulher não saio nem do lugar
Eu já não tento nem disfarçar
Que tudo que eu me meto é só pra impressionar

Mulher de corpo inteiro
Não fosse por mulher eu nem era roqueiro
Mulher que se atrasa, mulher que vai na frente
Mulher dona-de-casa, mulher pra presidente

Mulher de qualquer jeito
Você sabe que eu adoro um peito
Peito pra dar de mamar
E peito só pra enfeitar

Mulher faz bem pra vista
Tanto faz se ela é machista ou se é feminista
'Cê pode achar que é um pouco de exagero
Mas eu sei lá, nem quero saber,
eu gosto de mulher, eu gosto de mulher
eu gosto de mulher

Ooo ooo ooo oo
Eu gosto é de mulher!
Ooo ooo ooo oo
Eu gosto é de mulher!
Ooo ooo ooo oo
Eu gosto é de mulher!
Ooo ooo ooo oo
Eu gosto é de mulher!
Ooo ooo ooo oo
Eu gosto é de mulher!

Nem quero que você me leve a mal
Eu sei que hoje em dia isso nem é normal

Eu sou assim meio atrasadão
Conservador, reacionário e caretão

Pra quê ser diferente
Se eu fico sem mulher eu fico até doente
Mulher que lava roupa, mulher que guia carro
Mulher que tira a roupa, mulher pra tirar sarro

Mulher eu já provei
Eu sei que é bom demais, agora o resto eu não sei
Sei que eu não vou mudar
Sei que eu não vou nem tentar

Desculpe esse meu defeito
Eu juro que não é bem preconceito
Eu tenho amigo homem, eu tenho amigo gay
Olha eu sei lá, eu sei que eu não sei,
Eu gosto é de mulher Eu gosto é de mulher

[Refrão]

Eu adoro mulher!
Eu não durmo sem mulher!

Como puderam observar é uma letra comum típica do rock irreverente feito pelo Ultraje a Rigor. Agora me digam, onde há qualquer tipo de propagando partidária nessa música? Devo lembra que ela tem mais de 20 anos de existência? O engraçado e ridículo é ver a que ponto s chega para se tentar ganhar uma eleição, pior do que isso é ver gente querendo censurar obras musicais com desculpas eleitoreiras.

Outra coisa que me chamou a atenção é o fato do PSDB simplesmente ignorar a candidata Marina Siva, que, segundo seu esdruxulo argumento, também estaria sendo beneficiada com tal campanha subliminar através da já referida música.

Atitudes desesperadas e ridículas a parte, esse é um mais um pequeno aperitivo do que virá na campanha eleitoral desse ano. Enquanto isso nós apenas observamos e rimos das palhaçadas e absurdos que os partidos são capazes de fazer para angariar nossos votos.

Segue o link com a notícia completa:
Fonte

2 comentários:

  1. Parece que isso é hoax.

    A própria fonte já desmentiu.

    ResponderExcluir
  2. Essa barbaridade foi a mesma coisa que fez o PT em relação ao aniversário da Globo, lembra? Acho que os caras do PSDB se esqueceram do que falavam sobre o caso na época.

    Coisa de gente sem proposta. Tanto de um lado quanto de outro.

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.