Classificados: Vende-se um voto.


Vendo voto ano 2010, 0km, válido por 4 anos, único dono.


Preço e condições de pagamento:
Apenas peço o que considero razoável por esse produto de excelente qualidade e de procedência comprovada. Em troca do voto, peço educação, saúde e segurança, principalmente educação, não no sentido de cordura, mas no sentido de melhores condições de ensino. Material didático novo, e professores bem treinados é uma obrigação.

Por saúde, entenda-se bons hospitais, aparelhagem de alto nível e equipe médica pronta a lidar com as mais graves urgências. Indispensável saber lidar com público, saber ouvir e ser, antes de tudo, humano, não apenas profissional.

Na segurança quero uma polícia bem treinada e bem equipada, que saiba respeitar o cidadão para que a mesma também seja respeitada. Que haja mais polícias nas ruas zelando por nosso bem estar, não apenas nas áreas mais abastadas, mas também em áreas mais carentes que sofrem com a opressão do crime organizado.


Pagamento somente a vista.

Em tempo, lembro o futuro e pretenso comprador de meu voto, que não e sou aberto a negociações. Caso queira trocar meu voto por cesta básica, ou algo do tipo, por favor desista.

Caso esteja interessado e possa arcar com as condições previstas acima, favor entrar em contato.

4 comentários:

  1. Boa. Muito boa!

    Pode colocar o meu no pacote também. Quem sabe vendendo de baciada, o pessoal se interesse mais em comprar :P

    ResponderExcluir
  2. Quem quer comprar um voto nulo? Estou vendendo...

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente essa é uma realidade que está cada vez mais presente na mente da população. Enquanto vendem o voto não se tocam que assassinam milhares (e a eles mesmos) com esse ato.

    ResponderExcluir
  4. Vende-se uma mente confusa e que só sabe em quem não votar.

    ResponderExcluir

Cuidado com sua postura ao comentar:
A responsabilidade pelas opiniões expostas nessa área é de de seus respectivos comentaristas, não necessariamente expressando a opinião da equipe do Pensamentos Equivocados.